Cesta Básica teve deflação em Brusque

A reportagem da Rádio Cidade esteve em contato com Luiz Carlos Groh, supervisor em Brusque do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-Econômicos (Dieese), que anunciou que em outubro houve uma deflação de 1,23% nos 13 produtos que compõem a cesta básica no município. O custo dos alimentos básicos de primeira necessidade também recuou em cinco das 16 capitais onde o Dieese realiza, mensalmente, a Pesquisa Nacional da Cesta Básica. Todos os centros urbanos pesquisados no Nordeste apresentaram queda nos índices. As demais regiões tiveram alta no preço dos 13 produtos. O gasto mensal em Brusque para aquisição dos 13 produtos é de R$ 169,74. São necessárias 98 horas e 16 minutos de trabalho e o custo da cesta básica consome hoje 48,37 % do salário mínimo. O Salário Mínimo ideal calculado pelo Dieese, para dois adultos e duas crianças, é de R$ 1.797 56. Variação ou Deflação dos 13 produtos. Deflação
Leite -16.78%, Tomate -17, 62%, Café -2.35%, Banana -19,11%, Açúcar -3,42%, Óleo -2,55% Tomate -17,62% e o Pão -16.72%. Variação
Carne 4,02%, Feijão 10,95%, Arroz 2,26%, Farinha 1,85%, Batata 20,61% e Manteiga 1.49%.  
Dúvidas ou Sugestões