Usuários contam com novo prédio

A partir desta segunda-feira (16) os usuários do Centro de Atenção Psicossocial – CAPS – de Brusque contarão com uma infra-estrutura bem melhor para receber atendimento médico e desenvolver atividades que contribuem para melhorias no tratamento. O prédio do Caps está localizado na Rua Alberto Torres, onde já funcionou  o INNS, a gerência Estadual de Educação e por último uma igreja, na subida do morro do Colégio Cônsul Carlos Renaux.

A retirada do serviço do Bairro Paquetá, onde funcionou por anos, é um reflexo da atenção que o município deseja dar aos problemas emocionais e psicológicos. No entendimento do prefeito de Brusque, Paulo Eccel, deixar o atendimento dessa importância num bairro pode parecer que a sociedade quer esconder essas enfermidades. “Esse espaço na região central é para deixar claro que não podemos fazer de contas que problemas como esses existem. Vamos reconhecer,  dar as mãos e os braços para transformar esse espaço numa casa de saúde e de felicidade”, destacou. 

Eccel destacou o empenho da secretária municipal de Saúde, Maria Aparecida Morelli Belli, para buscar essa nova instalação e lembrou que só na última semana a pasta havia realizado duas ações importantes, referindo-se também a inauguração da segunda Academia de Todas as Idades, na Praça Tecelões de Lodz.

O novo Caps tem um espaço para oficinas, para acompanhamento psicológico, enfermagem, clínico e para grupos de apoio. Atualmente cerca de 170 pessoas utilizam esse serviço. Desses 35 passam o dia inteiro no Caps.

Para a coordenadora do Caps, Maria Aparecida de Souza, essa mudança reflete a nova postura de trabalho do serviço. “Esse investimento demonstra, principalmente, o rompimento dos preconceitos. Ficamos oito anos escondidos no Paquetá”, disse.

A secretária de Saúde, Maria Aparecida Morelli Belli, salientou que o local foi reformado para proporcionar aos usuários acolhimento e serviços de saúde de qualidade. “Abracem essa casa que ela é de vocês”, disse aos usuários e profissionais do Caps, que estavam presentes na cerimônia de inauguração dessa nova etapa do serviço.  O vice-prefeito e diretor do Samae, Evandro de Farias, o vereador Valmir Ludvig também estiveram entre as autoridades presentes no evento.

Caps

O Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) é um serviço que tem como papel cuidar de pessoas que sofrem com transtornos mentais, em especial os transtornos severos e persistentes, no seu território de abrangência.

Dúvidas ou Sugestões