À espera de uma assinatura

Algumas linhas digitadas e uma assinatura. É o que falta para o Brusque Futebol Clube voltar efetivamente ao futebol em 2013. Todo o projeto foi montado, empresas confirmaram o apoio ao grupo liderado por Danilo Rezini e membros da diretoria anterior à de Mauricy Pereira de Souza. Tudo estava pronto para o anúncio da volta, mas o presidente não entregou o cargo, muito menos um requerimento pedindo a mudança do estatuto, o que convocaria novas eleições.

Todos os envolvidos no projeto se pronunciaram na nova reunião, que não teve a presença de Mauricy. Foram apresentados projetos de patrocínios de camisa, placas, plano de sócio torcedor, porém, o grande impasse segue na permanência de Mauricy. Durante sua explanação, Danilo também falou que mesmo que Mauricy não queira sair do cargo, ele será candidato nas eleições do clube, marcadas para dezembro.

Na pior das hipóteses, segundo Danilo, o projeto tem que ser consolidado na próxima segunda-feira (15), inclusive com a definição da diretoria que tocará o clube. Torcedores, empresários e políticos compareceram à reunião e sugeriram formas de auxiliar no futuro do clube.

O clube tem muitas dívidas, desde hotel atrasado até salários de funcionários que não foram pagos. O que se informou é que Mauricy pede uma compensação financeira para deixar o clube, alegando que tirou dinheiro do próprio bolso. A situação foi avaliada por Danilo como uma questão de bom senso, que deve ser resolvida nos próximos dias.

Enquanto isso, torcedores, empresários e o grupo envolvido no retorno do Brusque à elite do futebol catarinense esperam pela assinatura e entrega do requerimento, ou até mesmo pela saída do presidente. Torcedores já se mobilizam por um protesto caso Mauricy não deixe o comando do Brusque Futebol Clube.

Em entrevista por telefone na noite desta segunda-feira (8), o presidente Mauricy alegou que não existe compensação financeira, já que o que ele pede é o ressarcimento de dívidas pagas por sua administração, que vieram de outras diretorias. Segundo ele, o requerimento será entregue durante essa semana para facilitar o processo de transição, alegando que esperava uma resposta positiva de Danilo Rezini.

Dúvidas ou Sugestões