Deputados acabam com saída temporária de presos

O Senado voltará a analisar o projeto de lei que restringe as saídas temporárias de presos. A matéria foi aprovada pela Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (3), na forma do substitutivo que o deputado federal Capitão Derrite (PL-SP) apresentou ao PL 6.579/2013.

A proposta já havia sido aprovada no Senado, onde teve origem. Mas, como sua redação foi alterada na Câmara, o texto terá de retornar ao Senado para nova análise.

O projeto original é de autoria da ex-senadora Ana Amélia (a matéria tramitou no Senado na forma do PLS 7/2012). Sua proposta limitava os chamados "saidões" em diversos casos. Já a versão aprovada na Câmara extingue completamente essas saídas.

Capitão Derrite argumenta que o fim do benefício é necessário porque, segundo ele, muitos condenados cometem novos crimes durante as saídas temporárias. O deputado cita a estimativa de que, após a saída temporária do final do ano de 2021, 1.628 presos não voltaram às prisões no estado de São Paulo. “Se já existe a previsão legal de cumprimento de pena e progressão de regime de forma proporcional, a saída temporária causa a todos um sentimento de impunidade”, declarou ele.

Por outro lado, a deputada federal Erika Kokay (PT-DF) criticou a versão aprovada na Câmara. Ela ressalta que a saída temporária é um benefício concedido a condenados que já estão em regime semiaberto. “A saída temporária é uma prova de que a pessoa já está própria ao convívio com a sociedade. Não estamos falando de criminosos em regime fechado, mas pessoas que estão próximas do final da pena”, disse ela.

A legislação atual permite a saída temporária dos condenados no regime semiaberto para que possam, por exemplo, visitar a família durante feriados e frequentar cursos. 

Exame criminológico

O texto aprovada aprovado na Câmara exige, como requisito para a progressão de regime e para a autorização de regime semiaberto, a realização de exame criminológico. De acordo com essa versão do projeto, o exame deverá comprovar que o detento "irá ajustar-se, com autodisciplina, baixa periculosidade e senso de responsabilidade, ao novo regime".

Além disso, a proposta também amplia as regras para o uso de monitoramento eletrônico dos condenados autorizados a sair do regime fechado.

Fonte: Agência Senado

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Secretaria de Saúde realiza Mutirão D. no bairro Dom Joaquim

A Secretaria de Saúde, por meio do Programa de Endemias, dará sequência neste sábado (06) ao cronograma dos Mutirões D. O recolhimento de lixo que pode acumular água será no bairro Dom Joaquim. O objetivo é combater o mosquito Aedes Aegypti, transmissor da Dengue, Zika Vírus, Febre Amarela e Chikungunya. As ações são realizadas pelo Departamento de Endemias em parceria com o departamento de Obras e o Tiro de...
Continuar lendo...

Brusque empata com Sampaio Corrêa com polêmica do VAR

Na noite de aniversário da cidade de Brusque, o Quadricolor entrou em campo para enfrentar o Sampaio Corrêa com a obrigação de vencer os visitantes pela Série B do Brasileiro. E com polêmica do VAR, o Brusque Futebol Clube empatou por 1 a 1, com o Sampaio. Em um primeiro tempo de bastante equilíbrio e poucas chances de gol, o principal lance do jogo veio aos 35 minutos, após o VAR chamar o arbitro para um possível penalti a favor...
Continuar lendo...

Duas pessoas ficam feridas após carro colidir em poste

Duas pessoas foram levadas para o hospital após um carro colidir contra um poste. O acidente ocorreu na madrugada desta segunda-feira (8), na rua Getúlio Vargas, bairro Centro, em Brusque. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, por volta das 00h56, uma guarnição se deslocou até o local, onde foi realizado o atendimento em duas vitimas. Uma mulher estava consciente e orientada, porém relatava dores na cabeça e tinha uma...
Continuar lendo...