Quatro são condenados a regime fechado por roubo a joalheria de Brusque

A sentença, em primeira instância, para quatro envolvidos em um roubo a uma joalheria de Brusque, em agosto de 2021, foi emitida nesta terça-feira (2). A decisão, assinada pelo juiz Edemar Leopoldo Schlosser, mantém o grupo detido em regime fechado e com penas acima dos 10 anos.

As penas poderiam ter sido ainda maiores, caso fossem caracterizados os crimes de formação de quadrilha e adulteração de veículo. Na avaliação do judiciário, apesar da atuação em conjunto do quarteto, não houve provas suficientes que caracterizassem este tipo de infração. 

A pena mais alta foi determinada para Josué Pereira Bittencourt, 12 anos e oito meses de reclusão, além do pagamento de multa por roubo com uso de lesão corporal grave e receptação. Ele é indicado como o mentor do crime. A condenação foi semelhante, 11 anos e seis meses e multa, para Josiane dos Santos Oliveira.

Dois dos condenados receberam pena de 10 anos e quatros meses. Foram eles Maximiliano Reinert dos Santos e Guilherme Araújo de Lima. Segundo a avaliação do tribunal a manutenção do regime fechado para todos os envolvidos ocorreu por não haver “motivos que justifiquem a concessão de liberdade”. O texto ainda ressalta ser “reconhecida por sentença as responsabilidades criminais pelo grave crime de roubo qualificado”. Na época, gerando lesão corporal às vítimas.

 

Relembre o caso

Em agosto de 2021, o grupo, além de outros dois comparsas, se dirigiram até a relojoaria. No dia do crime, segundo a apuração apresentada na sentença,  Josiane e Maximiliano entraram no estabelecimento, se passando por clientes. Outros dois membros, entre eles, Guilherme, já estavam no estabelecimento. O grupo sacou armas e fugiu do local com dois mostruários de jóias para um carro.O motorista do veículo ainda não foi identificado. O valor estimado das peças era de R$ 84 mil.

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Acidente entre moto e caminhão mata jovem de 25 anos

A colisão contra um caminhão amtou um jovem de 25 anos na manhã desta sexta-feira (19) em Gaspar. Ele transitava pela BR 470, bairro Margem Esquerda, quando sofreu o acidente por volta de 6h da manhã. De acordo com a equipe do Corpo de Bombeiros, o rapaz estava inconsciente, sem capacete, mas ainda com sinais vitais. Ele apresentava diversas fraturas, inclusive na coluna, além do crânio. O jovem foi colocado na ambulância e passou por diversas...
Continuar lendo...

Bombeiros atualizam informações sobre incêndio em Brusque

O Corpo de Bombeiros trouxe mais informações sobre o incêndio que destruiu uma casa de madeira na tarde deste sábado (6). O fato ocorreu por volta das 13h55, no bairro Limeira Alta, em Brusque. Segundo informações dos militares, o incêndio ocorreu em uma casa de 72M², que também funcionava como um mercadinho. O local ficou totalmente destruído pelas chamas, e segundo os bombeiros foram utilizados cerca de 6.000L de água...
Continuar lendo...

Morre fundador do Colégio Potencial, de Brusque

Faleceu na última sexta-feira (5) o ex-diretor do Colégio Potencial, de Brusque, Adalberto Luiz Comin, de 59 anos. Atualmente, ele estava morando em Florianópolis. Adalberto, que era graduado em física e mestre em física nuclear pela Universidade Federal de Santa Catarina, foi sócio proprietário da Agência Advento e sócio fundador do Potencial Pré-Vestibular, bem como do Curso e Colégio Potencial, este último...
Continuar lendo...