Perícia apontou que máquina era programada para enganar clientes

A Polícia Civil divulgou nesta segunda-feira (1) informações sobre uma máquina de bichinhos apreendida após ser descoberto que ela havia sido fraudada para enganar os clientes. A máquina foi localizada na cidade de Joinville, no Norte do estado.

Segundo a polícia, a pinça da máquina havia sido configurada para que só capturasse o brinquedo a cada 21 tentativas. Uma equipe do IGP esteve no local e confirmou a fraude que, segundo os peritos, a investigação mostrou que os movimentos eram feitos através de motores elétricos. O fechamento das garras ocorria por tensão aplicada em um eletroímã.

Ainda segundo os peritos do IGP, além da análise de peças da máquina, foram realizados diversos testes para concluir que o ganho não dependia da habilidade da pessoa que ia na máquina. Com isso, foi concluído que a situação se tornava um jogo de azar.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões