Guabiruba aprova política de educação especial na rede pública

Em meio a cobranças pela retomada das obras no Colégio João Boos, a Câmara de Vereadores de Guabiruba se reuniu nesta terça-feira (12) e aprovou um projeto de lei. A proposta cria a política de educação especial na cidade visando a educação inclusiva.

Ainda na semana passada, projeto havia dado entrada no Legislativo sob regime de urgência, mas após pedidos para mais tempo por esclarecimentos e debates sobre a proposta, acabou sendo apreciado nesta terça-feira. Ainda antes do início da sessão, o projeto foi tema de reunião entre os vereadores e o secretário de Educação, Alfred Nagel.

Segundo o presidente da Câmara, Cristiano Kormann, no contato com o secretário foi reconhecida a necessidade de mais tempo para debate da proposta, o que motivou a vista. “É um projeto que, dentro de algumas situações da educação inclusiva, trata da criação de uma comissão de professores que vai ajudar na decisão e estudo dos alunos que possuem essa necessidade”, resumiu.

Até a aprovação do projeto, a avaliação é feita com base nos laudos médicos. Na avaliação do vereador Wagner Weltarb, a aprovação do projeto qualifica o trabalho com os alunos com a demanda por educação especial. “Ele complementa ainda mais, para que tenha um profissional mais preciso, adequado para junto dos estudantes”, descreve.

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Havan é reconhecida como melhor empresa para se trabalhar pelo 4º ano consecutivo

O ambiente leve, acolhedor, com liberdade e de muitas oportunidades deu, mais uma vez, à Havan, o selo do Great Place to Work (GPTW), sendo considerada uma das melhores empresas para se trabalhar. Esse é o quarto ano que a varejista recebe a certificação. Uma das principais etapas para a certificação é a aplicação de uma pesquisa interna junto a um número de colaboradores selecionados pela consultoria do GPTW, autoridade...
Continuar lendo...

Brusque empata com Sampaio Corrêa com polêmica do VAR

Na noite de aniversário da cidade de Brusque, o Quadricolor entrou em campo para enfrentar o Sampaio Corrêa com a obrigação de vencer os visitantes pela Série B do Brasileiro. E com polêmica do VAR, o Brusque Futebol Clube empatou por 1 a 1, com o Sampaio. Em um primeiro tempo de bastante equilíbrio e poucas chances de gol, o principal lance do jogo veio aos 35 minutos, após o VAR chamar o arbitro para um possível penalti a favor...
Continuar lendo...

(Vídeo) Com esgoto acumulado, moradores do Paquetá, buscam solução

Reclamações quanto ao cheiro e o risco de contaminações são recorrentes entre os moradores da rua Ilda Wenger, no Paquetá. No local, problemas na tubulação de escoamento de esgoto faz com que o líquido se acumule na beira da rua e terrenos de parte da via.  Nos 11 anos que Ademir Parreira mora no local, esta é a segunda vez que este tipo de problema ocorre. Na primeira, cerca de três anos atrás, ele...
Continuar lendo...