Uniedu bate recorde de bolsas para o primeiro semestre

O Programa de Bolsas Universitárias de Santa Catarina (Uniedu) já registrou em 2022 o número recorde de beneficiados em um único semestre. O Governo do Estado contemplou 31,1 mil estudantes universitários com bolsas de graduação antes mesmo do fim de junho. Esse número é 32,8% maior em relação ao registrado nos primeiros seis meses de 2021, quando 23,4 mil estudantes foram beneficiados.

“Ficamos muito felizes o fortalecimento do Uniedu está mudando a vida de milhares de estudantes. Os catarinenses contam com um grande programa de Estado para conseguir concluir o ensino superior e avançar na qualificação. É esse olhar especial para cada nível de ensino, garantindo investimentos para todos, que Santa Catarina seguirá no rumo do desenvolvimento” afirma o secretário de Estado da Educação, Vitor Balthazar.

O investimento do Governo do Estado para a concessão de bolsas universitárias em 2022 também é um recorde, com R$ 455 milhões. O número é 26,7% superior comparado ao valor investido no programa no ano passado, de R$ 359,6 milhões. Estes recursos são repassados às instituições de ensino superior conforme as bolsas são concedidas aos estudantes.

Aumento de procura pelo programa

Com a ampliação do programa, também foi registrado aumento significativo na procura por bolsas nos primeiros meses. Houve crescimento de 60% no número de estudantes cadastrados em relação ao ano de 2021, com 65.152 inscrições no primeiro semestre. A partir desses cadastros, as instituições de ensino superior selecionam os estudantes que serão contemplados pelo programa, seguindo uma lista de critérios.

Como é definida a porcentagem da bolsa?

Os estudantes de graduação contemplados pelo Uniedu recebem bolsas em valores que podem variar entre 25% e 100% da mensalidade dos cursos em que estão matriculados. A definição deste valor é de responsabilidade da instituição de Ensino Superior em que eles estão matriculados.

A priorização das bolsas segue o índice de carência, que automaticamente seleciona os estudantes que mais necessitam do auxílio. Esse índice leva em conta a renda familiar, a moradia, os bens no nome da família, a despesa com educação com outros membros da família, a despesa familiar mensal com transporte para estudo, a despesa com tratamento de doenças crônicas e a quantidade de integrantes da família. Este critério é definido pela Portaria nº 1.625 de 2020.

Concessão é realizada pelas instituições de Ensino Superior

Antes de realizar sua inscrição no sistema do Uniedu, o estudante deve verificar se a instituição de ensino superior é cadastrada. Depois, ao preencher seus dados, são solicitados diversos documentos relacionados à renda familiar do interessado, que podem ser consultados neste tutorial.

A concessão da bolsa é de inteira responsabilidade da instituição de ensino superior do estudante, que possui uma equipe técnica responsável por elaborar um edital próprio, conferir os documentos apresentados no momento do cadastro e fiscalizar todo este processo. Neste link, você confere os integrantes da equipe na sua instituição.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Brusquense recebe tarifa de R$ 83 mil do Samae

Uma moradora de Brusque utilizou as redes sociais para registrar seu espanto com o valor atribuído ao de água consumo da casa onde mora. Conforme a imagem publicada, no mês de junho, o valor da tarifa emitida pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Brusque com vencimento para este mês de julho supera os R$ 83, 4 mil. O registro foi feito neste fim de semana e a moradora expressou surpresa com o valor que atribuí a uma “falta de...
Continuar lendo...

Policiais Militares participam de instrução de novo armamento

Os policiais militares do 18º Batalhão de Polícia Militar em Brusque, major Pedro Carlos Machado Júnior, e o 3º sargento Conrad Fernando Bittencourt Mafra, participaram no dia 26 de junho da instrução para a utilização das pistolas Beretta APX 9mm, em Florianópolis.  A Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) iniciou no último dia 22 de junho, o curso de preparação dos instrutores que...
Continuar lendo...

Em nova atualização, Brusque registra 39 casos de Dengue

Foram atualizados nesta segunda-feira (27), pela Diretoria de Vigilância em Saúde de Brusque, por meio do Programa de Combate a Endemias, os números da dengue e dos focos do mosquito Aedes aegypti transmissor da dengue, chikungunya e zika, entre outras doenças. O levantamento demonstra que, de janeiro até agora, o município soma 4.918 casos de dengue, e nas últimas 24h, foram 39 novos casos. Estão internadas na Unidade de Terapia Intensiva...
Continuar lendo...