Programa de Tuberculose passa a atender também pelo whatsapp

A Secretaria de Saúde, por meio da Vigilância em Saúde, informa que a partir desta quinta-feira (23), o Programa Municipal de Tuberculose passa a atender também no canal de whatsapp, no telefone (47) 9 88731865. O intuito é aproximar mais os pacientes e facilitar a comunicação. Cabe ressaltar que as mensagens devem ser apenas em texto. 

A diretora de Vigilância em Saúde, Ariane Fischer, explica que no whatsapp os pacientes poderão receber informações e tirar dúvidas. “Vamos aproveitar a tecnologia ao nosso favor, já trabalhamos com esse método em outros departamentos e funciona muito bem”. 

Além do programa de Tuberculose, outros serviços podem ser acionados pelo whats. A Vigilância Sanitária no (47) 9 88771941; O programa de Endemia (47) 9 88130095; A Imunização/vacinas no (47) 3110 - 1013 e o Serviço de Assistência Especializada (SAE), no (47) 3110 - 1027.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Unifebe inaugura Estação Meteorológica Ciro Groh

O Centro Universitário de Brusque (Unifebe), em parceria com a rede Groh Estações, inaugurou nesta quinta-feira (23) a Estação Meteorológica do campus Santa Terezinha. O equipamento cedido por Ciro Groh é uma das 16 estações que estão instaladas por todo o Vale do Itajaí-Mirim, desde a região das cabeceiras do rio, em Vidal Ramos, passando por Presidente Nereu, Botuverá, Guabiruba...
Continuar lendo...

Projeto obriga comerciante que atua na internet a oferecer SAC

O Senado vai analisar uma proposta que obriga fornecedores que vendem diretamente ao cliente por meio da internet a manterem serviço de atendimento ao consumidor (SAC). O objetivo do PL 1.409/2022 é garantir mais eficácia para a resolução de problemas decorrentes dessa atividade econômica. O projeto de lei foi apresentado pela senadora Rose de Freitas (MDB/ES). O texto altera a Lei 8.078, de 1990, que obriga o oferecimento do SAC apenas para...
Continuar lendo...

Em nova atualização, Brusque registra 39 casos de Dengue

Foram atualizados nesta segunda-feira (27), pela Diretoria de Vigilância em Saúde de Brusque, por meio do Programa de Combate a Endemias, os números da dengue e dos focos do mosquito Aedes aegypti transmissor da dengue, chikungunya e zika, entre outras doenças. O levantamento demonstra que, de janeiro até agora, o município soma 4.918 casos de dengue, e nas últimas 24h, foram 39 novos casos. Estão internadas na Unidade de Terapia Intensiva...
Continuar lendo...