Homem é condenado 21 anos de reclusão por assassinato de modelo

O homem que matou a facadas uma modelo e cabeleireira de 27 anos, em novembro de 2020, foi condenado a 21 anos de reclusão, inicialmente em regime fechado, na quarta-feira (15), em sessão do Tribunal do Júri na comarca de Blumenau. O crime ocorreu no dia 26 de novembro de 2020, três meses após a vítima pôr fim ao relacionamento de três anos que mantinha com o réu.

Segundo a denúncia do Ministério Público, n​a manhã daquele dia, a vítima chegava para trabalhar em um salão localizado no bairro Victor Konder quando foi surpreendida pelo ex-companheiro, que possuía uma faca. Ela foi atingida por golpes no tórax, pescoço e mão, ferimentos que causaram sua morte.

O Conselho de Sentença reconheceu todas as qualificadoras atinentes ao motivo fútil, meio cruel, uso de recurso que dificultou a defesa da vítima e feminicídio. A sessão, com aproximadamente 10 horas de duração, foi presidida pelo juiz Eduardo Passold Reis, titular da 1ª Vara Criminal da comarca de Blumenau. Em plenário foram ouvidas duas testemunhas de acusação, duas testemunhas de defesa e o réu. A decisão é passível de recurso. O réu não poderá recorrer da decisão em liberdade.

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões