Brasil registra 35 mil denúncias de violência contra idosos

Mais de 35 mil denúncias de violações de direitos humanos contra pessoas idosas foram registradas no Brasil, de 1º de janeiro a 2 de junho, pelo Disque Direitos Humanos.

Em mais de 87% das denúncias (30.722), as violações ocorreram na casa onde o idoso mora. Segundo o ouvidor nacional de Direitos Humanos, Nabih Chraim, entre os agressores, os principais responsáveis pela violação são os próprios filhos, suspeitos em mais de 16 mil registros. Na sequência estão vizinhos (2,4 mil) e netos (1,8 mil).

Na maior parte dos registros (5,9 mil), a vítima tem entre 70 e 74 anos. Foram registrados ainda 5,8 mil denúncias relacionadas a idosos de 60 a 64 anos e 5,4 mil registros de violações de pessoas de 65 a 69 anos.

Quem quiser denunciar casos de violações de direitos humanos pode fazer anonimamente pelo Disque 100, que recebe ligações diariamente durante 24h, incluindo os fins de semana e feriados.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Prefeitura segue determinação da Anvisa e recolhe lotes de losartana

Na quinta-feira (23) a Anvisa determinou a interdição e o recolhimento de lotes de medicamentos contendo o princípio ativo losartana. A Secretaria de Saúde, por meio da Atenção Farmacêutica, informa que todos os medicamentos dos lotes foram retirados da Farmácia Básica e não serão mais distribuídos à população. De acordo com a Anvisa, a medida foi tomada devido a presença da impureza...
Continuar lendo...

Prefeitura inicia trabalhos de padronização de calçadas

Desde da manhã desta segunda-feira (27), os moradores de Guabiruba já podem ver operários removendo calçadas na principal via do Centro da cidade. Isso porque a prefeitura municipal, por meio das secretarias de Obras e Planejamento Urbano, está realizando mais um projeto de padronização de calçadas. De acordo com o diretor de Planejamento, Euller Comper, a extensão com cerca de 3,5km receberá novas calçadas no...
Continuar lendo...

Brusque confirma 17 novos casos de dengue

A Diretoria de Vigilância em Saúde de Brusque atualizou os números da dengue e dos focos do mosquito Aedes aegypti transmissor da dengue, chikungunya e zika, entre outras doenças nesta quarta-feira (22).. O levantamento demonstra que, de janeiro até agora, o município soma 4.837 casos de dengue, e nas últimas 24h, foram 17 novos casos. Estão internadas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), uma pessoa, e quatro na enfermaria. Desde o...
Continuar lendo...