“Quando pagar um evento do seu bolso, vai poder definir quem fica ou não"

O prefeito de Guabiruba, Valmir Zirke, teria dito que se uma moradora da cidade não estivesse contente com o show realizado no ultimo domingo (5) com Fernando e Sorocaba que fosse para casa. A acusação foi publicada em rede social por Liza Henrich, que esteve na apresentação da dupla em comemoração ao aniversário de Guabiruba.

Segundo a moradora, uma outra mulher estava no espaço do público, próximo dela. A mulher teria  chegado ali por volta de 15h. Em torno de 20h, ela teria visto passar o prefeito, acompanhado de outras pessoas. Eram em torno de 50 pessoas, segundo a moradora. O grupo se deslocou até uma área reservada.

Ao passarem por onde estavam, Liza afirma que a mulher teria questionado se o prefeito achava justo elas estarem horas esperando em pé, inclusive sua mãe, que tem 84 anos de idade e uma tia de 64, enquanto o grupo se deslocava para uma área vip.

“Os quase 50 convidados vips do prefeito tomaram conta da frente do palco com seus chapéus de boiadeiro gigantes, dizendo ser convidados da área vip do prefeito, com direito a pulseira e tudo”, citou ela.

Nesse momento, Zirke teria se voltado para a mulher e dito o seguinte: “Não gostou, pega e vai embora daqui”, menciona a mulher.

Liza ainda segue afirmando que  a atitude do prefeito era de falta de respeito com a mulher, sendo que quem pagava o show era a população. Ela ainda cita um projeto de lei de número 1.16/2015, que proíbe a existência de espaços vips em eventos custeados com recurso público. O projeto é de 2015 e não chegou a ser votado pelo Congresso Nacional.

“Quando o senhor pagar um evento do seu próprio bolso, vai poder definir quem fica ou não. Enquanto for pago com dinheiro público, o senhor não tem a menor a menor moral de pedir que a pessoa se retirar por estar cobrando algo que o senhor está fazendo errado”, frisou ela.

A Rádio Cidade entrou em contato com a Prefeitura de Guabiruba sobre o caso. O prefeito Valmir Zirke estava em viagem, mas se manifestou através de sua assessoria de imprensa. Zirke negou ter dito as palavras apontada pela moradora.

“Eu não mencionei as palavras citadas. A prefeitura se esforça ao máximo para agradar toda a população, mas sempre há alguém que fica descontente. A 7ª Festa da Integração estava muito bonita e foi um sucesso, visto a quantidade de pessoas prestigiando e elogiando o evento", alegou.

A Prefeitura não negou a existência de espaço vip e justificou o mesmo pela presença de autoridades, inclusive da Alemanha. A assessoria enviou uma nota à Rádio Cidade como resposta à moradora.

Confira a nota na íntegra:

“A Prefeitura de Guabiruba comunica que o Projeto de Lei 1106/15 conforme mencionado, é realmente um projeto, que foi arquivado em 2015, ou seja, não é lei, portanto não há nenhum impedimento legal para que exista área reservada.

Essa área foi criada especialmente como uma medida de segurança por serem autoridades públicas:  Prefeito, Vice-Prefeito, vereadores e a comitiva da Alemanha do município de Karlsdorf-Neuthard (composta pelo Prefeito Sven Weigt e seus vereadores Uwe Zweigner, Roland Weschenfelder, Nicolas Kneis e Martin Gern).  Essa medida de segurança foi tomada  devido a uma grande quantidade de pessoas no local. A mesma situação acontece em outras festas da região como Oktoberfest e Fenarreco.

A Prefeitura de Guabiruba ressalta está trabalhando corretamente dentro das leis.

O Prefeito Valmir Zirke destaca “Eu não mencionei as palavras citadas. A prefeitura se esforça ao máximo para agradar toda a população, mas sempre há alguém que fica descontente. A 7ª Festa da Integração estava muito bonita e foi um sucesso, visto a quantidade de pessoas prestigiando e elogiando o evento".

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões