Brusque possui 9 pessoas internadas por conta da Dengue

Foram atualizados nesta terça-feira (24), pela Diretoria de Vigilância em Saúde de Brusque, por meio do Programa de Combate a Endemias, os números da dengue e dos focos do mosquito Aedes aegypti transmissor da dengue, chikungunya e zika, entre outras doenças. O levantamento demonstra que, de janeiro até agora, o município soma 3.563 casos de dengue, e nas últimas 24h, foram 141 novos casos. Estão internadas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), duas pessoas, e sete na enfermaria. Desde o início do ano, até o momento, foram registrados sete óbitos em decorrência da doença.

Bairros em que foram registrados os casos

Em 2022 são 3.563 casos, onde, 167 são no Águas Claras, 217 no Azambuja, 49 no Bateas, 52 no Cedrinho, 47 no Cedro Alto, 277 no Centro I, 25 no Centro II, 267 no Dom Joaquim, 92 no Guarani, 118 no Limeira, 86 no Limoeiro, 416 no Jardim Maluche, 106 no Nova Brasília, 30 no Paquetá, 20 no Planalto, 10 na Ponta Russa, 26 no Poço Fundo, 159 no Primeiro de Maio, 274 no Rio Branco, 28 no Santa Luzia, 98 no Santa Rita, 312 no Santa Terezinha, 118 no São Luiz, 77 no São Pedro, 317 no Souza Cruz, 107 no Steffen, 25 no Tomaz Coelho, 16 no Volta Grande e 27 no Zantão.

Focos

O número de focos foi atualizado na segunda-feira (23), em 2022, são 1.067 focos. O bairro com maior número é o Dom Joaquim, com 79 notificações, seguido por Guarani com 75, Rio Branco, 73; Águas Claras, 68; Santa Rita, 62; Azambuja, 60; Maluche, 60; Limeira, 57; Santa Terezinha, 52; Nova Brasília, 51; Souza Cruz, 47, Centro I, 47; Steffen, 47. Completam as regiões com maior número de focos, Limoeiro, que tem 45, e São Luiz, com 45 ocorrências de focos identificadas ao longo de 2022.

A partir destes números, os bairros brusquenses considerados infestados pela equipe técnica do Programa de Combate a Endemias são: Nova Brasília, Santa Terezinha, Santa Rita, São Luiz, São Pedro, Azambuja, Águas Claras, Primeiro de Maio, Jardim Maluche, Souza Cruz e Steffen. O que determina quando uma localidade é considerada infestada é uma análise que considera critérios como a quantidade de focos e de casos.

Números para denúncias

A Diretoria de Vigilância em Saúde de Brusque, por meio do Programa de Combate a Endemias, também informa o número de telefone para denúncias, pelo WhatsApp, somente em formato de texto no (47) 9 88130095 ou ligação, pelo número da Ouvidoria Municipal no 156.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

CDL promove primeira Super Sexta no bairro Dom Joaquim

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Brusque (CDL Brusque) realiza na sexta-feira, 10 de junho, a primeira edição da Super Sexta no bairro Dom Joaquim. Nesse dia os estabelecimentos estarão abertos até às 19h para que a população possa fazer suas compras valorizando o comércio local. Das 14h às 18h, a CDL Brusque estará com diversas ações no pátio da Paróquia Santa Catarina. Haverá...
Continuar lendo...

Agricultores têm até 30 de junho para solicitarem adubo e ureia

A Secretaria de Agricultura de Guabiruba está aceitando até 30 de junho pedidos para a Campanha de Adubo e Ureia. Têm direito aos insumos agricultores residentes em Guabiruba. O primeiro passo para se inscrever na campanha é procurar a secretaria munido do CPF para realizar uma avaliação da área a ser plantada. Os que apresentarem cadastro de produtor rural terão direito a até 10 sacos de insumos. Os que não tiverem...
Continuar lendo...

Carlos Renaux perde para o Caravaggio na Série B

Em mais uma partida com muita chuva, o Carlos Renaux entrou em campo, pela segunda rodada do Catarinense Série B, o jogo aconteceu em Indaial, no Ervin Blaese, contra o Caravaggio. E teve a vitória do time visitante, pelo placar de 1 a 0, com gol contra do volante Jô.   A partida começou com muita chuva, onde deixou o campo pesado, e com poucas oportunidades para ambos os lados, o Renaux teve uma baixa logo aos 15 minutos, o atacante Alysson sentiu um...
Continuar lendo...