Prefeitura responde manifesto de morador sobre pontes

Na tarde desta terça-feira (24), a Prefeitura de Brusque entrou em contado com a reportagem da Rádio Cidade para  apresentar resposta sobre manifestação de moradores do bairro Dom Joaquim veículada no site da emissora. Em nota, a mesma afirma que a administração vem realizando obras de infraestrutura nas regiões dos bairro Dom Joaquim e Rio Branco.

No início da manhã a reportagem divulgou uma noticia onde um morador havia instalado na rua Do Cedro, uma faixa com os dizeres "Obrigado, Prefeitura. Neste lado, sem pontes e sem estrada. No outro, lado três pontes e duas beira rios”.

Sobre a reclamação, a Prefeitura relatou que no ano de 2018 (gestão Jonas Paegle/Ari Vequi) foi entregue uma nova ponte ligando a região do Dom Joaquim, Souza Cruz e Rio Branco (ponte Prefeito José Germano Schaefer). Agora, no início de maio de 2022, foi entregue a ordem de serviço para a construção de uma nova ponte da Beira Rio Dom Joaquim, ligando os bairros Jardim Maluche, Rio Branco e Guarani. Essa ligação que faz parte do complexo da obra, que já foi licitada e será executada pela empresa Zanco construtora LTDA. O custo é superior à R$ 8,3 milhões.

Confira nota completa

"A prefeitura de Brusque informa que no ano de 2018 (gestão Jonas Paegle/Ari Vequi) foi entregue uma nova ponte ligando a região do Dom Joaquim, Souza Cruz e Rio Branco (ponte prefeito José Germano Schaefer). Agora no início de maio de 2022 foi entregou a ordem de serviço para a construção de uma nova ponte que marca o início da construção da Beira Rio Dom Joaquim, ligando os bairros Jardim Maluche, Rio Branco e Guarani, ligação que faz parte do complexo da obra. A obra que já foi licitada será executada pela empresa Zanco construtora LTDA com custo superior à R$ 8,3 milhões.

Uma segunda ponte, inclusa no projeto do FONPLATA também será construída no trecho da nova Avenida Beira Rio Dom Joaquim, visando ampliar ainda mais a mobilidade. 

No momento, a ponte Alois Petermann (ligação entre o Dom Joaquim e o Rio Branco) está em reforma após laudos técnicos apontarem danos em sua estrutura. Para realizar as obras de reforma e reforço, que vai permitir inclusive ampliar a capacidade de trafegabilidade para caminhões até de 45 toneladas, serão necessários entre quatro e seis meses de trabalho. O investimento é de R$ 2 milhões e os trabalhos estão sendo feitos pela empresa Pacopedra, vencedora da licitação.

A prefeitura de Brusque reafirma seu compromisso com a comunidade e a mobilidade urbana e solicita especial atenção dos motoristas para os transtornos causados no trânsito por conta das obras da ponte Alois Petermann. O transtorno é passageiro, mas o benefício será permanente quando da conclusão dos trabalhos. Por fim, esclarece que está focada em projetos, licitações e estudos de outras pontes em Brusque, como a recém-contratada ligação do Centro 1 – Centro 2, a maior ponte a ser construída na história da cidade".

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Arcanjo é acionado após jovem sofrer intoxicação, em Brusque

O Helicóptero Arcanjo 03, do Corpo de Bombeiros, precisou ser acionado no final da tarde desta quarta-feira (29), após uma adolescente passar mal. O fato ocorreu por volta das 17h14, na João Hamilton Merisio Júnior, bairro Limoeiro, em Brusque. Segundo informações dos militares, o auxílio do Arcanjo se foi necessário após a jovem de 16 anos, ter sofrido um caso clinico de Intoxicação exógena. Foi...
Continuar lendo...

Santa Catarina bate o recorde de declarantes do Imposto de Renda Pessoa Física

Com o prazo regular para a entrega do Imposto de Renda Pessoa Física se encerrando à meia noite de ontem (31), um total de 1.769.139 declarações foram entregues pelos contribuintes de Santa Catarina. O número de declarações é 12% maior do que o registrado ao final do prazo no ano passado. No Brasil todo foram entregues 36.322.912 declarações de IRPF. O aumento no número de declarantes em Santa Catarina o maior...
Continuar lendo...

Ministro do STF decide que ICMS de combustíveis deve ser unificado

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) André Mendonça decidiu hoje (17) que as alíquotas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) devem ser cobradas de forma uniforme pelos estados. A decisão começará a valer em 1º de julho. Mendonça também determinou que a Petrobras deverá enviar ao Supremo documentos internos que justificaram a formação de preços dos...
Continuar lendo...