Presidente do Samae fala na Câmara sobre denúncias e gestão

O Samae foi o principal assunto da sessão da terça-feira (10) da Câmara Municipal de Brusque. Durante cerca de uma hora e meia, o diretor-presidente da autarquia, William Molina, acompanhado da diretora-geral, Anelise Nagel Ketzer de Souza, e do advogado Paulo Silveira, explanou sobre os primeiros 30 dias de sua gestão.

Além de responderem a questionamentos acerca de serviços, os três tamanhos abordaram sobre as situações que envolveram a autarquia em polêmica nos últimos meses. Denúncias de tráfico de drogas, pagamentos salariais fora da legalidade, entre outros.

"No que diz respeito as denúncias, precisamos focar naquilo que tem alguma veracidade. Algum tipo de informação que possa nos conduzir aos esclarecimentos", disse Molina para a Rádio Cidade ao final.

Quanto ao suposto tráfico de drogas, ele disse que as polícias Civil e Militar foram informadas para apurar essa questão. No entanto, frisou que o que se constatou foram três servidores que são viciados. Estes receberam apoio para tratamento, dos quais dois aceitaram e um não.

Já em relação aos pagamentos irregulares, tanto Molina quanto Anelise admitiram que houve alguns casos que estavam sendo executados desta forma, mas que estão sendo corrigidos. No entanto, o diretor-presidente do Samae afirmou que os valores divulgados foram somados, reunindo desde salário até férias e montantes relacionados à rescisão de contrato.

"Foram servidores que estavam descontentes. Um, inclusive, foi exonerado por justa causa", pontuou, sobre quem fez tal denúncia.

A diretora geral também mencionou sobre assédio moral que estaria ocorrendo contra funcionários da autarquia. Segundo ela, o que acontece, muitas vezes, são servidores que se recusam a executar determinadas funções, como entrar em valas com lama, e acaba havendo algum desentendimento com superiores, mas nada que se enquadre no que dizem tais denúncias.

Molina e Anelise também apresentaram aos vereadores a estrutura que compõe o Samae atualmente. Segundo eles, ela está defasada, principalmente em número de servidores. Tanto é que processos seletivos foram abertos e há tratativas para abertura de um concurso público.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Duas mulheres são vítimas de agressão em Brusque

Mais duas mulheres foram vítimas de agressão na cidade de Brusque. Os dois casos foram registrados e atendidos pela Polícia Militar em pontos diferentes da cidade. O primeiro deles aconteceu por volta das 17h15, no bairro Limeira baixa. Uma mulher de 35 anos de idade acusou o ex-companheiro, de 61, de agredi-la fisicamente. Ele ainda estava no local e foi levado para Delegacia de Polícia Civil, junto com a vítima. O segundo caso aconteceu já...
Continuar lendo...

Unifebe lança Concurso Cultural de poemas em alusão à Copa do Mundo

Mostre que você é um verdadeiro apaixonado por futebol, e já está na torcida pela seleção brasileira na Copa do Mundo 2022. Estão abertas até o dia 27 de junho as inscrições para o Concurso Cultural Poesia Urbana – Edição 2022 – “Copa do Mundo”, pelo e-mail extensao@unifebe.edu.br. O concurso é aberto a acadêmicos, professores e colaboradores da Unifebe e também...
Continuar lendo...

Suspeito de envolvimento em roubo a comércio é preso

Policiais da Divisão de Furtos e Roubos, da Polícia CIvil de Brusque, prenderam um homem indicado como participante de um roubo a um comércio da cidade, no final de março. O suspeito, de 30 anos, foi detido na tarde desta quinta-feira (19), na rua Daniel Imhof, no bairro São Pedro. A apuração policial indica que ele, além de outro homem, já identificado, chegaram em uma loja de móveis, no Centro, onde se passaram por...
Continuar lendo...