Vereador cobra plano de mobilidade para reduzir acidentes

As estatísticas de acidentes e mortes no trânsito de Brusque foram tema de fala do vereador Deco Batistti (PL) na Câmara Municipal. Durante a sessão desta terça-feira (3), ele apresentou dados sobre a quantidade deles nas ruas da cidade durante o ano passado, bem como estatísticas do país.

A manifestação do parlamentar se deu em função da Campanha Maio Amarelo, que visa trabalhar essa temática.

“Esses números são uma verdadeira doença e um verdadeiro mal que temos na nossa cidade. Essa campanha é em nível e Brasil e do mundo, mas é um mal que Brusque tem. Se pegar o número de assassinatos, no Brasil ele está acima dos de trânsito. Em Brusque é o contrário”, destacou na tribuna.

Conforme os números apresentados pelo vereador, a cidade de Brusque registrou no ano passado 20 mortes por acidentes de trânsito. Destas, 10 envolveram motociclistas, oito era de pessoas que estavam em carros e duas foram de pedestres. Os números são de levantamento feito junto à Polícia Militar.

Os números do país são o que chama de uma verdadeira tragédia. Em torno de 40 mil pessoas perdem as vidas nas ruas e estradas do Brasil todos os anos.

“Tempos atrás trouxe aqui o número de amputados em Brusque. Esse cálculo é o que fica, também, para o serviço público arcar (custos).  Não só no atendimento e tratamento, mas, depois, também, em uma possível aposentadoria, ou quando a pessoa fica um bom tempo encostada por causa de um acidente de trânsito”, pontuou.

O assunto e os números serviram de base para o parlamentar chamar atenção da necessidade de se discutir um plano de mobilidade. Déco lembrou que em 2018 foi formada uma comissão para se discutir o problema em âmbito público, mas nada avançou.

“Participei de duas ou três reuniões de mobilidade, que foram feitas no bairros, como é feito com o Plano Diretor. Quais eram as reclamações: Transporte público. Melhorou? Não, piorou. Vias para transporte alternativo, ciclofaixas, calçadas compartilhadas. Fez alguma coisa? Não e onde tinha foi tirado”, reclamou ele.

O vereador cobrou o envio do plano para que a Câmara avalie e se inicie o processos de implementação do mesmo na cidade.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Estudante universitário é sequestrado por dívida com tráfico

Na noite de quarta-feira (18), a Polícia Civil de Santa Catarina resgatou um estudante que estava sendo mantido sequestrado em cárcere, em Florianópolis. O aluno da Universidade Federal de Santa Catarina foi libertado no início da noite por policiais civis da Delegacia de Roubos e Antissequestro (DRAS) da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC/PCSC), no bairro Carvoeira. O jovem estaria envolvido há dois meses com o consumo e o...
Continuar lendo...

Conselho Tutelar tem que fazer cumprir a lei, afirmam conselheiras

As atribuições do Conselho Tutelar foram tema de entrevista com as conselheiras Neide Dalmolin e Daiana Amorim ao programa Rádio Revista Cidade, da Rádio Cidade, desta sexta-feira (13). A conversa girou em torno do papel do órgão quanto a legislação que protege os menores de idade. As conselheiras utilizaram um exemplo de uma menor de idade que foi atacada sexualmente na última semana em Brusque para ilustrar o porquê...
Continuar lendo...

Mãe é ameaçada de morte e apanha do próprio filho

Uma mulher de 37 anos de idade foi ameaçada de morte pelo próprio filho, um adolescente de 15 anos de idade. Ele, inclusive, atacou e agrediu ela com socos. O fato foi registrado no bairro Limeira Baixa, em Brusque. De acordo com aPolícia Militar, uma viatura foi acionada por volta das 22 horas de ontem, segunda-feira (16). No local, a mulher fez o relato de que havia sido atacada pelo menor. A polícia informou que conduziu tanto a mulher quanto filho...
Continuar lendo...