Câmara forma comissão para apurar conduta de vereadora

Uma comissão de vereadores vai apurar a conduta da também parlamentar Marlina Oliveira Schiessl (PT), na Câmara Municipal de Brusque, através de comentários relacionados ao ex diretor-presidente do Samae, Luciano Camargo, e que ganharam repercussão nas últimas semanas na cidade. O grupo que integra a Comissão de Ética é composto pelos vereadores Ivan Martins (Republicanos), Rogério dos Santos (Republicanos), Deivis da Silva (MDB), Jocimar dos Santos (DC) e Norberto Laurindo (Podemos), o Beto Piconha.

O sorteio dos nomes aconteceu durante a sessão desta terça-feira (12) e foi realizado pelo vice-presidente da casa, Deco Batistti (PL), Cacá Tavares (Podemos) e Jean Dalmolin (Republicanos).

A comissão vai instaurar um processo disciplinar para dizer se a vereadora infringiu em quebra de decoro parlamentar ou não. O pedido de Camargo era de cassação do mandato dela, o que já foi descartado pelo corregedor da Câmara, André Vechi (DC).

“Em relação aos nomes sorteados, estou muito tranquila. São vereadores extremamente experientes e que têm a noção exata do que é podermos fazer o que é o nosso papel”, disse a vereadora.

A comissão vai apurar as denúncias e elaborar um relatório acerca do caso, o que vai embasar ou não uma possível penalidade contra a vereadora.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões