(Vídeo) Saúde atualiza números da dengue e mutirão ocorre dia 9

Vídeos

Saúde atualiza números da dengue e mutirão ocorre dia 9

Os 728 focos de mosquito identificados na cidade de Brusque e os 380 casos positivos de dengue registrados na cidade até esta sexta-feira (1º) foram o foco da entrevista coletiva com representantes da Saúde e Prefeitura. Os números recebem a atenção dos gestores, que, além do anúncio de ações, reforçaram a necessidade de colaboração da população para que as ações resultem em uma melhoria do quadro. 

“Se não pegarmos todos juntos, tomar um vulto muito maior, uma dimensão muito maior maior para a população'', reforçou o secretário de Saúde, Osvaldo Quirino de Souza. Ele afirmou esperar que, com a conscientização maior da população, seja possível aplicar as ações de combate ao aedes aegypti sem o uso do poder de polícia.

O secretário ainda comentou sobre o risco para casos de pessoas infectadas mais de uma vez pela doença. “Em um primeiro momento, pode parecer uma infecção simples, com um pouco de temperatura, dor no corpo, fadiga, cansaço, ela pode, em um segundo momento, em caso de reinfecção, vir de uma forma muito grave”, comentou, em relação aos possíveis efeitos da dengue na geração de sangramentos.

Outro que reforçou o coro por colaboração foi o vice-prefeito Gilmar Doerner. O cenário e os relatos de dificuldade de acesso dos agentes aos possíveis focos são indicados por ele como preocupantes. “Gente, vamos colaborar, estou como vice-prefeito, pedindo que se tornem sensíveis. Daqui a pouco pode ser o teu filho, alguém da tua família que pode estar vivendo uma situação. Eu espero que não, espero que a gente possa vencer” 

 

Mutirão
A diretora de Vigilância em Saúde, Ariane Fischer, falou sobre uma mudança no panorama de relatórios anteriores, com uma redução do número de focos no bairro Santa Rita e com o Águas Claras concentrando o maior número de focos. Mesmo assim, salienta, o bairro não chega a apresentar um número grande de casos. “Isso nos remete que temos larvas lá, temos os focos positivos, mas ainda temos a orientação para que a população para aconteça a eliminação do possível criadouro”.

Entre as ações indicadas estão os mutirões previstos para os bairros, assim como a pulverização. O chamado Mutirão D é previsto para o dia 9 de abril, em bairros como o Souza Cruz, Jardim Maluche e Azambuja. Eles, em conjunto com Centro e Santa Terezinha concentram a maior parte dos casos positivos da dengue na cidade.

A ação ocorrerá nas ruas SC-012, Gustavo Kohler, SC- 011, Leopoldo Kohler, João Aloísio Barni, Otto Bruns, Gustavo Bruns, Floriano Kohler, Otto Gustavo Bruns, Ipiranga, Paulo Borki, Daniel Barni. No Jardim Maluche as ruas Augusto Bauer, Nereu Ramos, Reinoldo Kuchembecker, Waldir Walendowsky, Oscar Maluche, Carlos Graf, João Archer, Duque de Caxias. E Azambuja, Rua Azambuja

Além do uso de motos e camionete, com equipamentos de pulverização com alcance de 150 metros, uma pick up equipada com um equipamento de maior alcance foi fornecida pelo estado e será usada, no dia 6, no Jardim Maluche e Souza Cruz e, no dia 7, em bairro que ainda será definido pela equipe.

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões