Prazo para regularizar título de eleitor encerra no início de maio


Os eleitores que pretendem votar nas eleições gerais de outubro têm quatro meses para regularizar a situação na Justiça Eleitoral. A partir de 4 de maio, o cadastro eleitoral será fechado e nenhuma alteração poderá ser feita. 

A regularização do título de eleitor pode ser feita no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O prazo também vale para quem vai pedir a primeira via do documento para votar pela primeira vez, fazer a transferência de local de votação ou a atualização de dados pessoais. 

Para verificar sua situação, o eleitor deve entrar no site do TSE e checar se há algum débito em seu nome pela aplicação de multa por não ter votado em eleições anteriores, caso mais comum de irregularidade. 

O voto no Brasil é obrigatório e quem não comparece no dia da eleição paga multa de aproximadamente R$ 3,50 por cada turno se não justificar a falta. 

Após fazer o pagamento, por meio da Guia de Recolhimento da União (GRU), é preciso esperar a Justiça Eleitoral identificar o pagamento da multa e baixá-la no sistema, que acusará que o débito foi pago. 

O eleitor que estiver com o título cancelado pela ausência consecutiva em três eleições, além de pagar a multa, deverá requerer a revisão do cancelamento ou a transferência de domicílio para ficar em dia com a Justiça Eleitoral. 

Regularização
Após checar sua situação e quitar as pendências, o eleitor deve iniciar o processo de regularização por meio do site Títulonet. 

Além de preencher os dados pessoais, será solicitada a digitalização dos seguintes documentos: identidade com foto, comprovante de residência, comprovante de pagamento de débitos eleitorais e comprovante de quitação de serviço militar (somente para homens). As imagens devem ser legíveis. 

O eleitor também deverá anexar uma selfie no requerimento. Na foto, deverá segurar, ao lado de seu rosto, o documento oficial de identificação, sem o uso de óculos, gorros, bonés, entre outros objetos. 

Após o preenchimento de todas as informações, o procedimento de verificação das informações será iniciado. No caso de falta de documentos, a Justiça Eleitoral poderá entrar em contato com o eleitor para pedir a complementação das informações. 

Ao final, o pedido de regularização será aceito ou negado pelo juiz eleitoral. O andamento do processo eletrônico também pode ser acompanhado na plataforma. 

Transferência 
O pedido de transferência do local de votação também pode ser feito pelo site do TSE. A medida se aplica aos brasileiros que mudaram de cidade. Entre as regras, é necessário que o eleitor esteja morando no município há pelo menos três meses. 

Quem mora no exterior deve fazer o pedido de transferência na embaixada ou consulado do Brasil. Os brasileiros no exterior só votam para presidente da República.

Vídeo publicado pelo TSE na internet mostra o passo a passo para transferir o título. 

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, quando os eleitores vão às urnas para eleger o presidente da República, governadores, senadores, deputados federais, estaduais e distritais. Eventual segundo turno será em 30 de outubro. 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Mega-Sena sorteia maior prêmio de 2022 nesta quarta-feira

A Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira (9), prêmio acumulado em R$ 107 milhões.As seis dezenas do concurso 2.461 serão sorteadas, a partir das 20h, no Espaço da Sorte, em São Paulo. As apostas podem ser feitas até as 19h, nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo o país ou pela internet. A aposta simples, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50. Segundo a Caixa, caso apenas um apostador ganhe o prêmio da faixa...
Continuar lendo...

Walter Orthmann bate seu próprio recorde no Guinness

Entrar para o Guinness World Records não é tarefa fácil. Imagina então bater o seu próprio recorde? O brusquense Walter Orthmann, que dia 19 de abril completa 100 anos de idade, tem a carreira mais longa, do mundo, trabalhando 84 anos na mesma empresa, e esse ano bateu o seu próprio recorde. Ele começou a trabalhar nas Indústrias Renaux S.A, que atualmente se chama RenauxView, em 17 de janeiro de 1938 e continua batendo ponto. Para...
Continuar lendo...

Padrasto estupra e mata menina de 7 anos, em Itajaí

Um crime bárbaro chocou os moradores de Itajaí, na noite desta segunda-feira (30). Uma menina de sete anos foi estuprada e morta pelo padrasto. Segundo informações da Polícia Militar, o homem não aceitava o fim do relacionamento com a mãe da criança. A Polícia Militar informou que o irmão mais velho da menina também estava no local. O adolescente de 16 anos, foi atacado e teve os dedos cortados por um...
Continuar lendo...