Sinduscon Brusque elege nova diretoria

O Sindicato das Indústrias da Construção e do Mobiliário de Brusque, Guabiruba, Botuverá e Nova Trento (Sinduscon) elegeu sua nova diretoria, conselho fiscal e membros da delegação federativa da Fiesc para o triênio 2022/2025, na quinta-feira, 24 de fevereiro. Durante a tarde e parte da noite, os associados estiveram na entidade, exercendo seu direito ao voto.

Na oportunidade, foi eleita a chapa única, liderada pelos empresários Ralf Maschio e Silva e Fernando José de Oliveira, como presidente e vice-presidente, respectivamente.

A nova gestão do Sinduscon assume os trabalhos a partir do dia 1º de março.

O empresário Ralf Maschio e Silva atua no Sinduscon há 14 anos. Na última gestão, participou da diretoria como vice-presidente para Assuntos Estratégicos e Materiais.

“Agradeço aos associados pela confiança e pelo voto na composição desta nova diretoria. Fico feliz em conduzir e liderar este grupo. Estou há mais de 10 anos no Sinduscon e especialmente nos últimos dois anos encontramos algumas dificuldades diante da pandemia. Mas, ainda assim, acredito que a indústria da construção superou este período. Tivemos especificamente aqui, no nosso sindicato, grandes conquistas, entre elas ações significativas no Registro de Imóveis, que eram demandas constantes dos construtores. Também conseguimos, por meio do eixo econômico da construção civil, bons resultados ao setor e agora estamos iniciando o processo da revisão do Plano Diretor na cidade de Brusque. São frentes em que o sindicato se envolve e busca soluções para todo o setor. Sabemos da responsabilidade em estar à frente da entidade e estamos preparados para os novos desafios. Por isso quero aproveitar o espaço para convidar novas empresas que ainda não são associadas ao Sinduscon, para que se associem e fortaleçam nossa entidade”, ressalta o presidente eleito.

Dentre as ações do Sinduscon para este ano de 2022, está a realização da Fairtec – Feira Tecnológica da Construção Civil, que não foi realizada no ano passado, em razão da pandemia.

“É uma feira que movimenta todo o mercado e que já se consolidou em nossa cidade e região. Estamos com boas expectativas para este ano com a Fairtec”, enfatiza Maschio.

O empresário Fernando José de Oliveira se despede da presidência da entidade neste mês de fevereiro, em sua segunda passagem à frente do sindicato. Oliveira presidiu o Sinduscon no triênio 2016/2018 e permaneceu na vice-presidência para Assuntos da Indústria e Obras Públicas na gestão seguinte. Em abril de 2020, com o falecimento do então presidente do sindicato, o empresário Ademir José Pereira, Oliveira foi aclamado presidente e voltou a gerir o Sinduscon pelo período de dois anos, o qual se encerra agora.

“Foi um momento em que enfrentamos uma série de desafios, por conta da pandemia. Trabalhamos muito junto à Federação para sermos o primeiro setor a retornar ao trabalho e fomos felizes neste pleito. Nosso setor foi um dos menos impactados, diante de todo o trabalho realizado. Destaco aqui o papel do Sesi também, que produziu todos os protocolos para que o setor retornasse com segurança. Tudo isso foi fundamental nesta batalha que travamos com o governo do estado e os demais órgãos e ficamos satisfeitos com os resultados. O setor da construção civil retomou suas atividades e os números se mostraram bastante positivos. Foi um setor que cresceu, apesar da pandemia, até porque as pessoas ficaram mais tempo em casa e passaram a valorizar mais os ambientes familiares”, revela.

Segundo Oliveira, apesar do período desafiador, que impediu a realização da Fairtec e das próprias reuniões mensais da diretoria, o Sinduscon sempre se mostrou atuante em todas as demandas do setor.

“Foram dois anos desafiadores, mas tudo é aprendizado e encaramos isso como um crescimento. Encerro mais um ciclo na presidência do Sinduscon, mas permaneço na entidade como vice-presidente, buscando sempre soluções às demandas do nosso setor”, complementa.

Sobre o presidente

 Ralf Maschio e Silva é formado em Arquitetura e Urbanismo, pós-graduado em Finanças e Gerenciamento de Projetos e passagem de estudos pela Itália, país onde adquiriu mais conhecimento na área de Engenharia e Arquitetura. Já atuou em grandes construtoras e é sócio-diretor das empresas Jafix Reformas e Baldissera & Maschio. Integra também a diretoria da Associação Empresarial de Brusque como Diretor de Patrimônio.

Conheça a nova diretoria e conselho

Presidente: Ralf Maschio e Silva

Vice-Presidente: Fernando José de Oliveira

Tesoureiro: Luís Alexandre Moresco

Suplentes da diretoria: João Batista Werner, Orlando Schaefer e Rodrigo Tomasi

 

Conselho Fiscal

Efetivos: Valter Stoltenberg e José Augusto Benaci

Suplentes

Santino Kniss e Charles Baumgartner

Delegação Federativa

 Titulares: Ralf Maschio e Silva Fernando José de Oliveira

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Caixa libera consulta ao saque extraordinário do FGTS

Os trabalhadores já podem conferir se têm direito ao saque extraordinário de até mil reais do FGTS, o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e a data que vai poder sacar o dinheiro. Os primeiros a serem beneficiados são os nascidos em janeiro, que terão os recursos liberados no dia 20 de abril. O calendário vai até 15 de junho para os nascidos em dezembro. Segundo a Caixa, cerca de 30 bilhões de reais serão...
Continuar lendo...

Carro fumacê do Estado passará nos bairros Azambuja e Primeiro de Maio nesta terça-feira

As ações de combate à dengue seguem intensas. Nesta terça-feira (19), mais uma vez o carro fumacê disponibilizado pelo Estado estará em Brusque. A caminhonete é adaptada, e aplica inseticida por um pulverizador instalado com inseticida em UBV pesado para o combate ao mosquito Aedes Aegypti. Dessa vez as ações serão nos bairros, Azambuja e Primeiro de Maio na parte da tarde, a partir das 16h. “Pedimos que a...
Continuar lendo...

Preso é suspeito de estuprar e matar filha de 4 meses

As polícias Civil e Militar de Santa Catarina prenderam na noite de sábado (30) um argentino de 19 anos pela suspeita de estupro e morte da filha. A criança tinha quatro meses e morreu em Dionísio Cerqueira. A denúncia chegou do hospital daquela cidade, pois uma funcionária do hospital teria revelado que uma família de Poço Azul, na Argentina, teria levado um bebê para atendimento médico no local....
Continuar lendo...