(Áudio) Após água contaminada e ampliação de rede, baixa adesão de famílias da Augusto Bretzke preocupa

O abastecimento de água potável para as 17 famílias da rua Augusto Bretzke, no bairro Planície Alta, em Guabiruba, passa por um novo obstáculo. Desta vez, é a adesão das famílias que ameaça a saúde dos moradores. A situação deve ser acompanhada pela Vigilância Sanitária.

Após um investimento de cerca de R$ 70 mil para construir 850 metros de rede de água até a localidade, que dependia de uma nascente que acabou contaminada, apenas uma das famílias buscou a concessionária, Guabiruba Saneamento, para solicitar a ligação de água para a residência. Hoje, a fonte de água alternativa é considerada imprópria e o consumo do local está proibido devido ao risco à saúde. 

A infraestrutura, segundo o superintendente da Guabiruba Saneamento, Guilherme Paladini, foi entregue em 15 de dezembro, após uma força tarefa entre a empresa e a Prefeitura local. Em setembro, afirma, contatos com todos os moradores foram feitos, onde foi ofertada a gratuidade dos custos de ligação de água para os casos que a solicitação e os requisitos fossem atendidos até a conclusão da obra, o que não aconteceu.

Para ele, a situação é vista com preocupação, já que o trabalho envolveu uma força tarefa de diferentes órgãos públicos, como Vigilância Sanitária, Secretaria de Meio Ambiente, além de caminhões pipa e fornecimento de água potável para consumo da população.  “Preocupa demais, é uma questão de saúde pública. A gente tem uma legislação federal, estadual e municipal com relação à saúde pública bem incisiva com relação a isso, porque as fontes alternativas de abastecimento, sejam elas nascentes, poços ou qualquer outro tipo de fonte, elas não passam por qualquer monitoramento com relação à qualidade bacteriológica da água, com relação a risco químico da água, então as pessoas não têm nenhuma segurança daquela água que está sendo consumida.”

A cobertura de rede de água no município é de cerca de 63% e o ponto não fazia parte da área atendida pelo serviço. “A Planície Alta, aquela região,  não estava no planejamento imediato. Como houve essa demanda e que a gente entende que, realmente, era cabível, era uma necessidade, foram tomadas as ações para mitigar e, em parceria com a Prefeitura, a gente executou essa extensão de rede para atender essas famílias em específico.”

Segundo o prefeito Valmir Zirke, a partir da disponibilidade da rede, o fornecimento de água com caminhões pipa fica impossibilitado de ser realizado. De acordo com ele, a Vigilância Sanitária passará a notificar os moradores para que façam a adesão à rede, uma vez que a fonte que estavam utilizando está contaminada. 

“A partir do momento que não tinha água potável, o município estava levando água para que essas pessoas tivessem como beber, lavar roupa, continuar suas vidas normais , mas, a partir do momento que tem uma rede em frente às residências, eles são obrigados a aderir. O município não tem mais obrigação de fornecer outra água se tem uma rede passando em frente às residências”.

Zirke atribui a baixa adesão à limitação financeira da população da localidade e ressalta que o consumo da água da nascente é um risco para a população. Segundo o prefeito, nos próximos dias um trabalho de conscientização será feito com os moradores para tentar convencer um número maior de pessoas a aderir à rede.

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Com quase mil casos ativos, Brusque tem 260 contaminações por covid-19

A Diretoria de Vigilância em Saúde, indicou que 260 pessoas foram diagnosticadas com covid-19, nesta sexta-feira (14). O boletim ainda indica que 999 casos do total de 31315 são considerados ativos. Desde o início da pandemia, 329 óbitos relacionados ao vírus foram registrados. Além das confirmações, outros 254 estão em investigação, aguardando resultados dos exames médicos. Apesar dos números,...
Continuar lendo...

Em um dia, mais de 1,8 mil com sintomas consultaram em Brusque

Somente ontem, quinta-feira (13), mais de 1,8 mil pessoas procuraram o atendimento público de saúde de Brusque para consultas devido a sintomas gripais. Os atendimentos ocorreram tanto nos hospitais quanto na Policlínica e nas unidades básicas. Outros 651 testes de Covid-19 também foram realizados. Os números foram divulgados esta manhã pela Secretaria de Saúde, por meio da Vigilância em Saúde. O órgão faz o...
Continuar lendo...

(VÍDEO) Decote da deputada Paulinha volta a causar polêmica

A roupa usada pela deputada estadual Ana Paula da Silva (sem partido), a Paulinha, voltou a causar polêmica nas redes sociais. Em um vídeo publicado em seu Instagram, a parlamentar fez uma projeção para o ano de 2022 de suas ações. Porém, o conteúdo dito por ela perdeu espaço na atenção dos seguidores do perfil para a forma como ela se vestia. Paulinha usava no vídeo uma blusa com decote. Ela se levanta da...
Continuar lendo...