Hospital registra mais de 3 mil atendimentos em 20 dias

A procura pelo pronto atendimento no final de 2021 e começo de 2022 foi grande no Hospital de Dom Joaquim. De acordo com números da direção, foram mais de três mil entre 20 de dezembro e 9 de janeiro.

Os dados foram apresentados durante entrevista do padre Valdir Prim, diretor do hospital, e da enfermeira Vera Lucia Civinski ao programa Rádio Revista Cidade, da Rádio Cidade, desta quarta-feira (12). O total de atendimentos nesse período somou 3.677 mil.

“Antes do dia 1º, já tínhamos dobrado o número de atendimentos. Atribuímos isso ao fechamento das unidades de saúde, que estavam de férias coletivas. Mas pelos dias 29 e 30, o que observamos é uma procura muito grande das pessoas no hospital”, disse Vera.

A onda de casos gripais, sejam de Covid-19 ou H3N2, entre outros tipos, foi o motivador dessa elevação na busca pela unidade, acredita ela. Algo que pode estar diretamente ligado às festas de fim de ano, viagens às praias, entre outros fatores que culminaram com aglomero de pessoas.

O grande número de pessoas na porta do hospital obrigou a direção a aumentar a quantidade de profissionais, principalmente médicos. A demanda passou de cerca de 90 atendimentos por dia para mais de 250.

“Gira em torno de 270 a 300 consultas todos os dias. Essas consultas não passam apenas pelo profissional: é feita a triagem, verificado os sinais vitais, pacientes medicados, feito Raios-X e até testes rápidos para Covid”, afirmou a enfermeira.

A alta demanda fez com que o tempo de espera de cada paciente também aumentasse. Segundo Vera, esse período chegou, em muitos momentos, a três horas.

Números de atendimentos no ano todo

O Hospital de Dom Joaquim divulgou, ainda, números sobre o total de atendimentos feitos na unidade ao longo dos últimos doze meses. Os dados compreendem, na verdade, o dia 1º de janeiro de 2021 a 1º de janeiro de 2022. Conforme eles, foram realizados, nesse interim, 66.426 mil atendimentos. O número se divide em consultas no pronto atendimento (35.029), Raios-X (13.543), cirurgias eletivas (1.274), endoscopia (4.449), colonoscopia (133), cataratas (250) e consultas com especialistas (11.784).

Na próxima segunda-feira (17), o hospital inicia a ampliação de novos espaços para dar vazão à procura. De acordo com o padre Valdir Prim, serão reformados sala de endoscospia, nova recepção de Raios-X, colonoscopia e futura sala de tomografia, além de sala de observação para pacientes, melhorias em leitos, camas, janelas e portas, aquisição de bancos e poltronas.

“É um projeto que temos de deixar mais completa toda a estrutura do nosso hospital. Além dessa ampliação, agora vem a fase das reformas”, afirmou.

A conclusão destes trabalhos deve ser feita até o mês de julho.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões