Motorista não pagará DPVAT pelo segundo ano seguido

Pelo segundo ano seguido, os motoristas ficarão isentos de pagar o Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos (DPVAT). A medida foi aprovada no último dia 17 pelo Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP), órgão vinculado ao Ministério da Economia.

Segundo o CNSP, a isenção pôde ser concedida porque existe um excedente de recursos no FDPVAT, fundo da Caixa Econômica Federal que administra os recursos do DPVAT, para cobrir os prejuízos com acidentes de trânsito.

Ao ser constituído, em fevereiro de 2021, o FDPVAT recebeu R$ 4,3 bilhões do consórcio de seguradoras que formavam a Seguradora Líder para o fundo. Desde então, o dinheiro vem sendo consumido com o pagamento das indenizações.

“O CNSP tem efetuado reduções anuais sistemáticas no valor do prêmio como forma de retornar, para os proprietários de veículos, estes recursos excedentes, já tendo, inclusive, estabelecido valor igual a zero, para todas as categorias tarifárias, para o ano de 2021. Tal decisão promove a devolução à sociedade dos excedentes acumulados ao longo dos anos. Sem nova arrecadação, a tendência é que esses recursos sejam consumidos com o pagamento das indenizações por acidentes de trânsito ao longo do tempo”, informou o órgão.

O CNSP atendeu a pedido da Superintendência de Seguros Privados (Susep). O excedente foi formado com os prêmios pagos pelos próprios proprietários de veículos ao longo dos anos. Apesar de ajudar os motoristas, a medida afeta o Sistema Único de Saúde (SUS), que recebia 45% da arrecadação anual do DPVAT.

A isenção vale para todas as categorias. Caso a cobrança fosse mantida, os motoristas teriam de pagar de R$ 10 a R$ 600 para custear as coberturas do seguro obrigatório. As tarifas variam conforme o tipo de veículo e a região do país.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

CDL emite esclarecimento sobre boato envolvendo Unidade Móvel

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Brusque emitiu uma nota esclarecendo sobre um boato de que estaria limitando a distribuição de senhas na Unidade Móvel da Secretaria de Saúde, instalada na Praça Barão De Schneeburg. Uma nota de esclarecimento foi emitida na tarde desta sexta-feira (14). No texto, a entidade ressalta não ter gerenciamento sobre o espaço público e que é favorável ao atendimento dos...
Continuar lendo...

Brusque registra mais de 100 casos de Covid pela primeira vez no ano

O boletim epidemiológico divulgado pela Diretoria de Vigilância em Saúde na tarde desta terça-feira (11), informa que são 30.604 casos confirmados de Covid-19 desde o início da pandemia em Brusque. Nas últimas 24 horas, foram registrados 101 novos casos da doença no município. Do total de infectados, 29.984 pacientes estão recuperados. Há 291 casos ativos e 251 em investigação. Atualmente, nenhuma...
Continuar lendo...

Sobe para 36 o número de casos ativos em Guabiruba

A Prefeitura de Guabiruba informou o Boletim Epidemiológico desta quarta-feira (5). Foi confirmado 16 novos caso de COVID-19, sendo 5 homens e 11 mulheres. Ao total, Guabiruba registra 4363 de Covid-19, destes, 4278 estão recuperados e 36 estão ainda ativos. O Centro de Triagem detectou 6 pessoas suspeitas que estão esperando o resultado do teste. Guabiruba não possui cidadãos internado. Até agora, Guabiruba possui 49 óbitos pelo...
Continuar lendo...