Praça de pedágio mais cara do país e mais 13 são desativadas no Paraná

A partir de 0h de sábado (27), 14 cancelas de pedágio foram desativas no Paraná e devem ficar sem cobranças por pelo menos um ano.  

As rodovias foram administradas por 24 anos pelas concessionárias Econorte, Viapar e Ecocataratas, mas o contrato não foi renovado e agora as rodovias não cobram mais pedágios.

Entre as praças liberadas, está a que tinha o pedágio mais caro do país, em Jataizinho. Até a sexta-feira (26), o preço cobrado era de R$ 26,40 para carros.

As faixas centrais das rodovias foram bloqueadas e o tráfego dos veículos passaram a ser feitos pelas laterais. Agora, os trechos administrados pela Viapar e Ecocataratas, passam a ser de responsabilidade dos governos estaduais e federais.

Já a Econorte segue prestado serviço de atendimento hospitalar e de guincho para as rodovias, mas não vão ser cobrados pedágio.    

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões