Ação tenta conscientizar quanto a violência contra mulheres e meninas

Durante o Dia Internacional da Não-Violência Contra Mulheres e Meninas, neste 25 de novembro, dois pontos de Guabiruba receberam uma ação de panfletagem sobre a data. A iniciativa foi da Secretaria de Assistência Social, Habitação e Emprego. 

A secretaria conta com uma equipe de Proteção Especial com assistente social e psicóloga O suporte também é feito pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras), que também conta com assistente social e psicóloga. 

A secretária Neide Hort salienta o trabalho para tentar acolher estas mulheres vítimas de violência. “Em todas as ações é imprescindível a articulação com outras políticas, principalmente com a da saúde, que podem ‘tentar amenizar’ os danos colaterais físicos e psicológicos. Sendo também os serviços de saúde a porta de entrada dessas vítimas.”

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Mais um caso de tráfico de drogas no Limoeiro

Por volta das 19h, desta última quarta-feira (24), uma mulher de 32 anos, foi flagrada traficando no bairro do Limoeiro, em Brusque. A suspeita que estava dentro de um carro Fiat Siena foi denunciada por populares após aparentar bastante nervosismo. Essa foi a segunda apreensão de drogas registrada nesta quarta-feira (24), no Limoeiro, a primeira aconteceu às 14h05. De acordo com a Polícia Militar, a mulher estava com cerca de 100 gramas de maconha, no...
Continuar lendo...

Brusque contabiliza 15 novos casos de Covid-19

O registro de 15 novos casos de Covid-19 na cidade de Brusque foi oficializado nesta sexta-feira (26). Com isso, ela chega aos 30217 e 327 óbitos desde o início da pandemia, sendo o último oficializado no mesmo dia.. O boletim epidemiológico também indica 116 casos ativos e 32 em investigação. A Unidade de Terapia Intensiva (UTI) possui seis pessoas internadas e outras quatro estão na enfermaria. A cidade aplicou  vacinas para...
Continuar lendo...

(Vídeo) Sem água ou energia elétrica, brusquense disputa na Justiça para manter moradia

Um morador de Brusque disputa na Justiça a possibilidade de continuar residindo em uma área do bairro Paquetá. Manoel de Jesus, que mora há cerca de 25 anos no local, chegou a trabalhar no Horto Florestal e alega que o espaço foi cedido para a família pela gestão da época. A ocupação é questionada por se tratar de parte de uma área pública e a situação se arrasta por duas...
Continuar lendo...