Apae de Brusque realiza exposição de artes visuais com obras de alunos

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Brusque realizou nesta sexta-feira, 19 de novembro, a abertura da exposição “A Arte está para todos, mas nem todos estão para a Arte”, na sede da instituição. Esta é a primeira exposição itinerante de artes visuais da entidade que apresenta 31 obras produzidas de forma coletiva pelos alunos da entidade – integrantes do Centro de Convivência Ruth de Sá (Cecon) e do Instituto Santa Inês (ISI) – ao mesmo tempo em que demonstra a sensibilidade e expressividade dos mesmos e a capacidade de produção artística de cada um, independente da deficiência ou limitação.

Produção e possibilidades

De acordo com o artista visual e arte educador da Apae, Evailson Inomata, o “Vavá”, a iniciativa do projeto buscou a utilização da arte como uma ferramenta de inclusão, demonstrando a criatividade e potencialidade de cada aluno. “Buscamos fazer com que cada aluno, de forma individual ou coletiva, realizasse uma produção artística com suportes de telas e papel, utilizando a pintura acrílica e aquarela. Conforme as limitações de cada aluno adaptamos formas e objetos diferentes para que eles pudessem se expressar, como o uso de balão com tinta em uma tela, uso de rolos, aperto de tubos de tinta, entre outras. E, ao fazermos essas adaptações, possibilitamos a eles este contato com a arte, que está disponível para todos”, explica Vavá.

Ao final das produções dos alunos, o arte educador, que também é artista visual, contribuiu para a finalização das obras, com desenhos, efeitos abstratos e figurativos: todos eles ligados a gostos, sentimentos e sonhos dos próprios alunos. “Trouxemos o sentimento deles, a expressão de cada um, para que as pessoas possam ver que eles querem se expressar, só que muitas vezes, eles são ‘boicotados’, ou levados a acreditar que não conseguem. E a proposta deste projeto foi o contrário desse processo: oferecer a eles formas de expressão, seja na pintura, no desenho, na dança, pois a arte tem inúmeras possibilidades”, frisou Vavá.

De acordo com a diretora Executiva da Apae de Brusque, Rosecler Ceratti Foletto, o projeto cumpriu também o papel da instituição em oferecer acesso e possibilidades de desenvolvimento de novas habilidades dos alunos. “O resultado dessas obras foi uma grande surpresa para todos, pois surgiram trabalhos significativos, que nos fazem refletir sobre como enxergamos a pessoa com deficiência e o seu potencial. Por isso o título da exposição, de que ‘a arte está para todos nós, mas nem todos estão para a arte’, onde ‘quebramos’ um pouco a visão de quem pode ou não ser um artista e o quanto somos gigantes ao trabalharmos juntos”, completa.

Obras

Entre as produções está a obra “Au-au” da aluna Rita de Cassia Barni. Com o uso de cores em tons de laranja e amarelo sua produção contou com a finalização do arte educador que traduziu a adoração e carinho da aluna por cachorros. Da mesma forma as demais obras foram produzidas através da tradução de gostos, sonhos e preferências de cada aluno.

“Para nós é uma grande satisfação vermos esse trabalho, a capacidade dos alunos que resultou em obras lindíssimas. Esta é uma mostra que vem coroar um ano difícil, mas nos estimula a desenvolvermos novos trabalhos e projetos com nossos alunos para o próximo ano”, comenta o presidente da Apae de Brusque, Renato Roda.

Convite ao público

Para oportunizar que um maior número de pessoas possam conhecer o projeto bem como as obras confeccionadas, a exposição será itinerante. Até dia 25 de novembro os trabalhos estarão expostos na Apae de Brusque. Em seguida, do dia 29 de novembro ao dia 3 de dezembro o projeto poderá ser conferido na Unifebe. Já entre os dias 6 a 10 de dezembro é a vez do Shopping Gracher receber a exposição. Por fim, as obras estarão expostas mais uma vez na sede da Apae, entre os dias 13 a 18 de dezembro. “Convidamos toda a população para que tire um tempo do seu dia e confira as obras produzidas, em um dos locais, nas próximas semanas. Temos certeza que será uma rica e inspiradora experiência, em perceber que a arte é democrática, que todos nós temos sonhos, sentimentos, emoções e, a partir disso, todos nós podemos usá-la para nos expressarmos”, completa Vavá.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Brusque abre venda de ingressos para estreia do Brasileirão

Os torcedores do Brusque Futebol Clube, já podem comprar os ingressos pela internet para a partida de estreia no Brasileirão série B contra o Guarani, na próxima sexta-feira (8), às 19h, no estádio da Ressacada. As vendas dos ingressos será realizada de forma online para o jogo entre e estarão disponíveis no site FutebolCard a partir desta quarta-feira (6). Somente ingressos do setor A (coberta) e do setor F (visitantes)...
Continuar lendo...

Associação dos Profissionais em Comunicação empossa nova diretoria

A Associação dos Profissionais em Comunicação da Região de Brusque (Aprocorb) realizou na noite de segunda-feira, 29 de novembro, a solenidade de posse de sua nova Diretoria Executiva e Conselho Fiscal. Dois dos nomeados fazem parte da Rádio Cidade. O evento foi realizado no Plenário da Câmara de Vereadores de Brusque e contou com a presença de autoridades políticas, civis e militares. A nova gestão da Aprocorb...
Continuar lendo...

Matriz de risco indica 13 regiões no nível moderado de risco para contágio de Covid-19

O estado de Santa Catarina se mantém há nove semanas sem regiões indicadas como grave ou gravíssimo na Matriz de Risco Potencial Regionalizado. A última vez que elas foram registradas foi em 1º de outubro, para grave, e 11 de setembro, para o gravíssimo. Na última atualização do relatório,  divulgado neste sábado (4), 13 regiões são indicadas como risco moderado e quatro em alto.  Na...
Continuar lendo...