"Tinha que ser diante do torcedor, e tinha que ser na última partida em casa"

Após uma noite histórica onde o Brusque venceu o Operário por 2 a 0, e conseguiu a permanecia na série B, o técnico Waguinho Dias concedeu entrevista coletiva, onde falou da permanecia do clube, e a possibilidade de ficar a frente do Brusque em 2022.

Sobre a permanecia do time, Waguinho falou da missão que foi para deixar o clube na série B.

"É uma missão cumprida, uma missão árdua, difícil da maneira que foi, e tinha que ser diante do torcedor, e tinha que ser na última partida em casa para ficar marcante para história do clube" comentou Waguinho.

Sobre a permanecia a frente do Brusque, Waguinho foi bem claro e objetivo.

"Vai ter que ter um objetivo maior, um investimento maior agora com essa manutenção na série B. Tem um calendário de um campeonato brasileiro que é rentável e uma visibilidade enorme tanto ao clube como a cidade, e agora tem de pensar em consolidar. A gente tem de vê com a diretoria se a interesse, mas minha parte tem sim e a gente vai sentar e conversar para vê o que é melhor para o Brusque, mas o meu interesse é em continuar" concluiu o técnico.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões