Agente penitenciário é morto por ex-preso em balada

O agente penintenciário Sérgio Murilo foi assassinado por um ex-presidiário, em uma casa noturno em Palhoça, na madrugada desta segunda-feira (15).

Segundo testemunhas, o motivo do crime teria sido uma desavença entre os dois, já que a vítima conhecia o autor do crime por ele já ter sido preso.

Quando a Polícia Militar chegou ao local, encontrou Murilo já sem vida e com marcas de tiros na cabeça e no rosto. 

O suspeito foi preso após dar entrada no hospital e ter sido liberado.
 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões