Brusque registra 89 novos focos do mosquito Aedes aegypti nos últimos 42 dias

De acordo com os dados divulgados nesta terça-feira (09), pela Diretoria de Vigilância em Saúde de Brusque, por meio do Programa de Combate a Endemias, de janeiro até agora, o município soma 1.536 focos do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika, entre outras doenças. São 89 focos a mais em relação ao balanço anterior, divulgado em 28 de setembro.

O bairro com maior número de focos é Águas Claras, com 134 notificações, seguido por Azambuja, 115; Souza Cruz, com 113; Jardim Maluche, com 110; e o bairro Santa Rita, 95 focos. Completam as regiões com maior número de focos Centro 1, que tem 86, e Primeiro de Maio, com 84 ocorrências de focos identificadas ao longo de 2021.

A partir destes números, estão mantidos os mesmos oito bairros brusquenses considerados infestados pela equipe técnica do Programa de Combate a Endemias desde o levantamento anterior: Santa Terezinha; Santa Rita; Nova Brasília; São Luiz; São Pedro; Águas Claras; Azambuja e Steffen. O que determina quando uma localidade é considerada infestada é uma análise que considera critérios como a quantidade de focos e de casos.

Casos

Quanto aos casos suspeitos, eles somam 125 ao longo de 2021. Destes, foram confirmados 13 diagnósticos de dengue, sendo 12 autóctones, que são os contraídos no município, e um importado de Joinville. E 109 negativos para a doença. Há três casos suspeitos aguardando resultado e dois registros negativos para suspeita de chikungunya.

Novo número para denúncia

A Diretoria de Vigilância em Saúde de Brusque, por meio do Programa de Combate a Endemias, também informa que um novo número de telefone foi colocado à disposição para denúncias, tanto pelo WhatsApp ou através de ligações. (47) 9 88130095.

Ações

A Secretaria de Saúde, por meio do Programa de Controle de Endemias, realiza desde a segunda-feira (08), até o dia 03 de dezembro, o Levantamento Rápido de Índices para Aedes Aegypti (LIRAa) para vigilância entomológica do Aedes aegypti no Brasil, do mosquito transmissor da Dengue, Zika e Chikunguya. A ação ocorre em todos os bairros da cidade. O objetivo do levantamento é identificar o tipo e a quantidade de depósitos que possam ser criadouros do mosquito nos locais visitados.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Leilão de imóvel de ex-indústria fabril, comprova dinamismo na economia de Brusque

Nesta quinta-feira (2), foi finalizado o leilão do patrimônio da antiga fábrica fabril da Buettner, que entrou em recuperação judicial em 2011 e teve falência decretada em 2015. Um conjunto de três lotes foram arrematados por grupo de empresários da própria cidade com valor superior a R$ 39 milhões. Segundo estimativas, boa parte do dinheiro será destinado aos credores trabalhistas. Para o prefeito Ari Vequi, que foi...
Continuar lendo...

(Vídeo) Guabiruba aprova criação de programa de integridade e compliance

O projeto para criar um programa de integridade e compliance para o poder público guabirubense foi aprovado por unanimidade, nesta terça-feira (23). O projeto tramitava há três semanas nas comissões internas do Legislativo e foi votado após pedido da Controladoria. A medida foi uma indicação Associação dos Municípios do Vale Europeu (Amve) “É um projeto importante, que vai reger a conduta dos servidores...
Continuar lendo...

Incêndio atinge duas casas, em Gaspar

Um imóvel de madeira foi totalmente consumido pelo fogo, em um incêndio na tarde desta sexta-feira (31), no bairro Margem Esquerda, em Gaspar. Além dela o fogo acabou se alastrando para um imóvel vizinho, alvenaria. Quando as equipes do Corpo de Bombeiros chegaram ao local, na rua José Althof, a casa de madeira já estava tomada pelas chamas. O imóvel tinha 80 metros quadrados e foi totalmente destruído.  Já a casa vizinha,...
Continuar lendo...