(Vídeo) Obra da barragem de Botuverá pode começar a qualquer momento

Vídeos

Barragem de Botuverá depende de licença e alteração nos limites de Parque Nacional

O chefe da Defesa Civil de Santa Catarina, David Bussarelo, além do deputado federal Darci de Matos (PSD) e estadual Jerry Comper (MDB), estiveram na região nesta segunda-feira (8). O tema da visita foi a liberação da obra da barragem de Botuverá. 

Com um custo estimado em R$ 165 milhões, a iniciativa aguarda a Licença Ambiental de Instalação (LAI), entregue ao Instituto de Meio Ambiente (IMA) do estado para que as obras possam começar. Para tirar a proposta do papel também será preciso rever a área do Parque Nacional da Serra do Itajaí. 

Segundo o chefe da Defesa Civil de Santa Catarina, David Bussarelo, o tema é tratado com atenção pelo estado e há avanços na proposta. Hoje, a iniciativa possui a licença ambiental provisória emitida e aguarda a LAI. “Estamos na iminência da emissão da LAI, todos os documentos exigidos pelo órgão ambiental foram entregues, então a qualquer momento vamos ter a liberação”.

Além disso, ele destaca o avanço nas desapropriações necessárias para a obra. Das três exigidas, uma está paga e as outras duas estão em processo de liberação para o pagamento.

Mudança no parque

Segundo o deputado federal Darci de Matos (PSD), relator do projeto na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), na Câmara dos Deputados, superadas as exigências ambientais, a proposta precisa tramitar ainda no Senado. Ele é autor do projeto que altera as dimensões do parque. Pelo projeto, haverá a doação do governo do estado de 350 hectares para o parque, enquanto o parque repassa 2 hectares para a instalação da barragem. 

A tramitação, pela expectativa do deputado, deve ser concluída até dezembro. “Está tudo resolvido em termos ambientais, o projeto já passou pela Comissão de Meio Ambiente, que é muito rigorosa e precisa ser. Portanto, agora eu dou o parecer e aprovamos pela legalidade, o projeto não tem nenhuma inconsistência legal, agora ele vai para o senado e para sanção”, projeta. 

O deputado Jerry Comper destacou a tramitação e o esforço das diferentes representatividades locais para que a obra seja liberada o mais rápido possível. De acordo com ele, o projeto tem uma importância regional. “Importante não só para Botuverá, mas para Botuverá, Brusque e Itajaí. Não é só uma questão de prevenção, é uma questão de prevenção, é uma barragem que vai ter água potável e vai ter a geração de energia”, afirma. 

 
Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Nas ultimas 48h, Guabiruba não registra novos casos de covid-19

A Prefeitura de Guabiruba informou o Boletim Epidemiológico desta sexta-feira (3). Nenhum caso foi confirmado. No total, Guabiruba registra 4307 casos de Covid-19, destes, 4227 estão recuperados e 27 estão ainda ativos.  O Centro de Triagem detectou 8 pessoas suspeitas que estão esperando o resultado do teste. Guabiruba não possui cidadãos internados em Brusque no momento.   Até agora, Guabiruba possui 49 óbitos pelo...
Continuar lendo...

Brusque inicia levantamento sobre focos do mosquito Aedes Aegypti

A partir desta segunda-feira (08), o Programa de Controle de Endemias realiza o o Levantamento Rápido de Índices para Aedes Aegypti (LIRAa). O trabalho deve se estender até o dia 03 de dezembro e terá como foco o mosquito transmissor de doenças como dengue, zika e chikunguya. Até o início do levantamento, Brusque apresentava 1536 focos de mosquito Aedes Aegypti. Todos os bairros da cidade serão abrangidos e a iniciativa deve identificar...
Continuar lendo...

Pode faltar água em partes do Bairro Dom Joaquim no domingo

O Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (SAMAE) de Brusque comunica que, no próximo domingo (14), a partir das 7 da manhã, algumas ruas do bairro Dom Joaquim poderão que ficar sem água.  O motivo é que a autarquia estará realizando uma obra de interligação de rede. Essa obra visa conectar a nova adutora, que é resultado das obras de expansão de rede, nas tubulações que...
Continuar lendo...