Abel Moda Vôlei Brusque vence Chapecó no tie-break e conquista título Estadual

A grande decisão da competição ocorreu neste sábado (6), com grande presença de público no ginásio brusquense. O duelo só foi definido no detalhe, após mais de três horas de partida, com vitória da Abel Moda Brusque Vôlei por 3 sets a 2 contra o Chapecó.

Triunfo que veio numa virada incrível. Assim como no duelo semifinal da Superliga C, também definido no tie-break, o time de Chapecó dificultou demais a vida das brusquenses.

A equipe do Oeste fechou o primeiro set em 25 a 21 após Sassá ficar no bloqueio duplo de Julia e Débora.

No segundo set, o Moda Brusque voltou disposto a igualar o confronto, iniciou melhor e abriu 10 a 5 sobre as adversárias, o que obrigou o técnico de Chapecó a pedir dois tempos.

O duelo seguiu com grandes rallys, até Brusque abrir 16 a 7 e depois consolidar a vitória em 25 a 18.

O terceiro set seguiu equilibrado, mas foram as rivais que largaram novamente em vantagem. Perdendo de 15 a 8, Brusque entrou no jogo, após ponto de Edneia, e depois num saque de Flavinha. A diferença passou para dois pontos: 15 a 13. Mas a reação brusquense parou por aí, com nova vitória de Chapecó por 25 a 21.

Precisando de apenas mais um set para ganhar o confronto, Chapecó foi com tudo para fechar o quarto set, jogando toda pressão para o lado das brusquenses. O duelo foi disputado ponto a ponto, até os momentos finais. Com 19 a 19 e depois 22 a 22 no placar, o jogo ficou tenso e as adversárias se aproveitaram para abrir vantagem no momento decisivo. Sassá se atrapalhou numa recepção e gerou o 23° ponto adversário. Depois, a equipe parou num bloqueio rival, gerando o primeiro match point para a equipe do Oeste, com 24 a 22 no placar.

A um ponto de ver o time ser derrotado em casa, a torcida, que apoiou durante toda a partida, entrou de vez no jogo aos gritos de Brusque. E a pressão deu certo com o time de Chapecó desperdiçando três match points incríveis, todos com bolas jogadas pra fora. Foi aí que pesou a experiência de Sassá, Edneia, Ju Nogueira e companhia. De forma emocionante, a equipe de Brusque virou o set para 26 a 24 e levou o confronto para o tie-break.

No set final, mais emoção. Mas a Abel Moda Vôlei Brusque, mais concentrada após reviver na partida, logo tratou de abrir vantagem. Uma "bola perdida", salva por Ju Nogueira de forma impressionante, levantou novamente o público que viu o time logo abrir 4 a 1 no placar. Na sequência, Brusque seguiu melhor, chegou a 12 a 6, e parecia que teria facilidade para fechar a partida.

Mas a equipe de Chapecó não se entregou e vendeu caro a derrota. O placar chegou a ficar em 12 a 10 e levou o público a apreensão. Mas Ju Nogueira apareceu novamente com destaque para fazer o 13° ponto brusquense e fazer a equipe respirar. Chapecó voltou a encostar no placar pouco depois, quando o duelo ficou em 14 a 12.

Mas a reação adversária parou num saque na rede, que garantiu o 15° ponto da Abel Moda Brusque Vôlei e a festa brusquense com mais um título conquistado em casa.

Além do primeiro lugar, a equipe de Brusque ainda teve o técnico Maurício Thomas escolhido como o melhor treinador da competição. Sassá ganhou o prêmio de melhor jogadora.

Com Brusque campeão e Chapecó vice, o terceiro lugar ficou com a Sociedade Mampituba, de Criciúma, que na disputa do bronze venceu o Bluvôlei, de Blumenau, por 3 sets a 1.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Igreja matriz segue fechada até a quarta-feira

A igreja Matriz São Luís Gonzaga seguirá em obras após uma semana fechada para reparos, manutenção e limpeza de sua área interna. A projeção é que os trabalhos sejam encerrados e a reabertura ocorra nesta quarta-feira, 17 de novembro. “A empresa Fiel Limpezas assumiu os trabalhos de manutenção e tivemos uma série de dificuldades, sobretudo para a entrada do maquinário necessário...
Continuar lendo...

Motorista de Itajaí é preso com arsenal de guerra e mais de meia tonelada de maconha

Na tarde da última terça-feira (09), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Coordenadoria de Recursos Especiais da Polícia Civil do Rio de Janeiro (CORE) apreenderam através da Operação Égide, um arsenal de guerra e 570 kg de maconha que estavam sendo levados de Itajaí para uma favela no Rio de Janeiro. Foram cerca de 35 pistolas de calibre 9mm, 6 fuzis (sendo 2 calibre 762 e 4 calibre 556), 100 munições...
Continuar lendo...

Vereador apresenta projeto que pode reativar convênio entre sindicatos e Prefeitura

Um projeto de lei apresentado na Câmara Municipal de Brusque tenta fazer com que receitas médicas da rede privada ou fornecida por meio de médicos de sindicatos tenham validade na Farmácia Básica da Prefeitura ou unidades básicas de saúde. A proposta é do vereador André Batistti (PL), o Déco, que falou a respeito do assunto na sessão desta terça-feira (23). Segundo o parlamentar, a ideia é fazer com que...
Continuar lendo...