Governador de Goiás decreta luto oficial de três dias por morte de Marília Mendonça

O estado de Goiás teve luto oficial de três dias decretados pelo governador Ronaldo Caiado. A decisão foi motivada pela morte da cantora Marília Mendonça, de 26 anos, nascida na cidade de Cristianópolis, cerca de 90 quilômetros de distância da capital, Goiânia. A cantora morreu em acidente aéreo nesta sexta-feira (5).

“Um dia de muita tristeza para a música sertaneja. Foi com imenso pesar que eu e Gracinha recebemos a notícia da morte da cantora goiana Marília Mendonça e tripulantes após um acidente de avião, em Piedade de Caratinga, interior de Minas Gerais. Não existem palavras para descrever esse momento. Só podemos pedir que Deus console e conforte o coração de todas essas famílias, amigos e o pequeno Léo, filho da cantora. Marília tinha um grande coração e se destacava por, além de levar alegria aos brasileiros, ajudar e cuidar das pessoas. Decreto três dias de luto oficial no Estado. O velório está autorizado a ser no Goiânia Arena, ao lado do Estádio Serra Dourada, para que os fãs possam se despedir, se esse for o desejo da família. Goiás está em luto”, descreveu o governador.

A previsão era que cerca de 100 mil pessoas passassem pelo local do velório da cantora. Além de Marília Mendonça, morreram o piloto Geraldo Martins de Medeiros; o copiloto Tarciso Pessoa Viana; o produtor Henrique Ribeiro e o tio e assessor de Marília, Abicieli Silveira Dias Filho.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões