Golpistas se passam por representantes do Hospital Azambuja e instituição faz alerta

Um alerta de golpe utilizando o nome do Hospital Azambuja foi feito pelo Hospital Arquidiocesano Cônsul Carlos Renaux, o Hospital Azambuja, na tarde desta quarta-feira (3). Nele, a instituição nega que seus médicos liguem pedindo valores para o pagamento de exames por telefone ou Whatsapp.

Na tentativa de golpe, os criminosos solicitavam o depósito de valores para uma determinada conta bancária alegando a necessidade de exames ou procedimentos para pacientes internados. As práticas, assim como ligações telefônicas para pacientes ou familiares solicitando dinheiro para procedimentos não são adotadas pelo hospital.

“Pedimos para que todos fiquem atentos e que não efetuem qualquer depósito ou transferência bancária caso recebam alguma ligação ou mensagem pelo whatsApp”, ressalta o vice-diretor administrativo do Azambuja, Gilberto Bastiani.

 
Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões