Havan repassa quase R$2 milhões para projetos de incentivo

A Havan realizou o repasse de R$ 1,9 milhão para beneficiar projetos contemplados pelas leis de incentivo. O valor refere-se ao trimestre de julho, agosto e setembro. Em 2021, a previsão é que a varejista destine cerca R$ 10 milhões para atender este dispositivo legal de fomento à cultura, esporte e garantia dos direitos das crianças, adolescentes e idosos.
 
Com o repasse foram beneficiadas 24 iniciativas de todo o país. Os projetos são selecionados pela Havan, após a curadoria da Realise – empresa especializada neste tipo de análise – e para serem contemplados é necessária adequação às diretrizes das Leis Federais de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet), Incentivo ao Esporte (LIE), Fundo para Infância e Adolescência (FIA) e do Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura do Paraná (PROFICE). “Neste ano, já repassamos cerca de R$ 6 milhões para projetos de incentivo”, detalha Angela Bonetti, que atua no setor de projetos e patrocínios da Havan.
 
Entre os contemplados, está o projeto OMUNGA na Amazônia, que está beneficiando 200 professores e quase dois mil alunos não indígenas da rede pública de ensino, da cidade de Atalaia do Norte (AM), na fronteira com o Peru. A iniciativa é voltada para ações educativo-culturais em uma das regiões mais vulneráveis e longínquas do país. Para a iniciativa, a Havan fez o repasse de R$ 104 mil.
 
O Instituto Baccarelli, de São Paulo (SP), recebeu R$ 150 mil para custear o atendimento de mais de 1.200 crianças e jovens, a partir dos 4 anos de idade, em de 17 turmas de musicalização infantil, 13 corais, 52 turmas de ensino de instrumentos e 4 orquestras, incluindo a principal delas, a Orquestra Sinfônica Heliópolis.
 
Também houve repasse de R$ 100 mil para a Ciranda da Pessoa Idosa da cidade de Itá (SC). A iniciativa viabiliza momentos de integração, inclusão, convívio e informações sobre cuidados com a saúde. Tudo através de atividades culturais, educativas, esportivas e sociais que são desenvolvidas nos encontros mensais nos grupos de Convivência da Terceira Idade do interior e área urbana.

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões