Número de medicamentos dispensados aumentou 15%, em Brusque

O número de medicamentos dispensados pela Atenção Farmacêutica teve um aumento de 15% em relação ao ano de 2020. O investimento nesse período também teve reajuste. Neste caso foram 35% a mais recursos que no ano anterior. 

Os dados, informados pela diretora Patrícia Bernardi Sassi, mostram que em 2020, de 1º de janeiro a 14 de outubro, foram 16.388.423, medicamentos entregues à população. Totalizando um investimento de R$2.110.612,79. Na comparação com 2021, neste mesmo período, os números aumentaram, passando para 18.878.663, nos itens dispensados e somando um valor de R$2.853.059,39. 

Diariamente a média de atendimentos pela rede é em torno de 1200. Já a Farmácia Básica, atende cerca de 400 pacientes diariamente. E neste ano, somente a farmácia, entregou 6.360.870 itens, com valor empregado de R$1.332.496,94. “Nós também atendemos 1500 pacientes por mês, no componente especializado, que são os medicamentos de alto custo fornecidos pelo Estado, temos também 400 pacientes por mês de demandas judiciais e 500 pacientes com medicamentos para hepatites e HIV”, completou a diretora.  

Patrícia ressalta, que a Atenção Farmacêutica, atende toda a Rede Municipal de Saúde. “As vezes as pessoas associam a entrega de medicamentos somente a Farmácia Básica, mas alguns são dispensados nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), nos Centros de Atenção Psicossocial (Caps). E com a pandemia, temos que incluir o Centro de Triagem (CT)”, afirmou. Em relação ao CT, ela completa que apenas neste ano, de janeiro, até o dia 14 de outubro, foram distribuídos 2.220.903 itens, isso representa o montante de R$461.065,29. 

O fluxo de recebimento de medicamentos é constante. De acordo com a diretora, a intenção é conseguir atender as demandas. “O trabalho é contínuo, mesmo antes de fechar o ano, nós já estamos organizando as compras de 2022. Isso porque temos os prazos legais e burocráticos para cumprir. Trabalhamos para começar o ano com os medicamentos em estoque, para que a comunidade não fique desassistida", conclui Patrícia.

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões