Celesc reduz a taxa administrativa sobre convênios com entidades filantrópicas

A diretoria da Celesc reduziu para 3,5% a taxa de administração referente à arrecadação de convênios sobre as doações recebidas por entidades sem fins lucrativos por meio da fatura de energia elétrica. Antes da mudança, o percentual variava de acordo com a entidade filantrópica, mas, na maioria dos casos, era de 10%. Com a redução, estima-se que serão repassados, ao ano, cerca de R$ 3,3 milhões adicionais a essas instituições. A Celesc tem convênios firmados com 572 entidades filantrópicas.

O presidente da Celesc, Cleicio Poleto Martins, explica que a Companhia realizou um estudo sobre custos fixos da realização dos serviços e chegou ao percentual necessário para cobrir apenas os custos operacionais das transações. Segundo ele, foram realizadas análises regulatórias, jurídicas e econômicas sobre o processo de arrecadação de convênios para que fosse mantida receita suficiente para a cobertura dos custos.

"Cabe à Celesc cumprir a sua função pública de prover energia para o desenvolvimento e qualidade de vida aos catarinenses. Poder auxiliar as entidades filantrópicas e atender às demandas sociais é sempre uma importante ação para a Companhia. Estamos também alinhados com o Governo do Estado, que tem em seu propósito principal levar o bem-estar para a sociedade catarinense", ressalta o presidente da Celesc.

Importante destacar que os convênios com as entidades filantrópicas estão sendo renovados e novas adesões serão aceitas nos próximos dias. As instruções para que as entidades filantrópicas busquem o convênio podem ser acessadas no site da Celesc.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Morador de Brusque relata tentativa de golpe utilizando o PIX

Um morador do bairro Nova Brasília relatou à Rádio Cidade, ter sido vítima de uma tentativa de golpe tentando parecer uma cobrança de aluguel. Para concretizar a operação, os golpistas utilizavam uma conta PIX no nome de uma terceira pessoa.  O caso ocorreu nesta sexta-feira (22), quando os golpistas entraram em contato, via Whatsapp. Suspeitando da ação, ele não efetuou o envio e deve registrar o caso na...
Continuar lendo...

Feirante é morto ao reagir a assalto, diz polícia

Segundo a Polícia Militar, um feirante de 35 anos, foi assassinado, em Florianópolis, após reagir a um assalto. De acordo com informações da PM, o homem chegava do trabalho por volta das 20h, quando foi abordado por dois assaltantes. Os suspeitos levaram R$10 mil, uma máquina de cartão e o celular do feirante. Uma motocicleta abandonada foi encontrada na região e foi entregue à perícia junto com imagens de monitoramento...
Continuar lendo...

Dive anuncia redução no período entre a segunda e terceira doses para idosos

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (DIVE-SC), divulgou na tarde desta sexta-feira (22), uma orientação aos municípios em relação à terceira dose para idosos. O período entre a segunda e terceira dose foi reduzido, passando de seis para cinco meses.  A diretora de Vigilância em Saúde, Ariane Fischer, afirma que a partir de segunda-feira (25) os idosos com 60 anos ou mais que tomaram a...
Continuar lendo...