Ações de acolhimento marcam o Setembro Amarelo em Brusque

A prefeitura de Brusque, através dos serviços de Saúde Mental, desenvolve ao longo deste mês de setembro diversas ações em alusão ao Setembro Amarelo. Período que é dedicado à prevenção do suicídio e valorizacáo da vida. Segundo a coordenadora da saúde mental do município, Inajá Gonçalves de Araújo, as ações desenvolvidas neste mês foram voltadas para o público interno, aquele que já está em tratamento nos serviços de saúde mental. O motivo, conforme ela, é o aumento expressivo da demanda no segundo semestre.

O Centro de Atenção Psicossocial Infantil (Caps) desenvolveu ações para as crianças e adolescentes atendidas, como visita ao Zoobotânico, piqueniques, atividades na praça, entre outras, todas voltadas para a temática. Já os pacientes do Caps AD- Álcool e outras Drogas tiveram uma conversa com voluntários do Centro de Valorização da Vida (CVV).

No Caps II, onde são atendidas as pessoas com transtornos mentais e as questões de depressão, foi realizada uma ação com a comunidade, onde foram entregues mudas de flores, no semáforo do antigo Colégio Honório Miranda. Conforme Inajá, essa ação visou mostrar à população os cuidados que devemos ter com a vida.

O Ambulatório de Saúde Mental, onde se trabalha os casos moderados, realizou atividades com a rede de saúde pública, através da atenção básica. As equipes participaram de uma roda de conversa online com o médico especialista, Dr. Felipe Ramon Gesser Cardoso.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões