Vereadores criticam Comusa e sugerem alterar sua prerrogativa

Sobrou para o Conselho Municipal de Saúde de Brusque (Comusa) na sessão desta terça-feira (24) da Câmara de Vereadores. O presidente da casa, Alessandro Simas (DEM), levantou sobre a situação do contrato de serviços entre a Prefeitura e o hospital de Dom Joaquim, que tem encontrado dificuldades para passar pelo crivo do órgão.

"O Comusa tem que fiscalizar, mas não pode dizer e decidir onde a Prefeitura deve aplicar o recurso", frisou.

Apesar de não ter mencionado o nome, a critica foi ao presidente do órgão, Júlio Gevaerd, que tem sido o mais resistente no aval por conta de pontos que considera não estar dentro da legalidade.

Simas levantou na tribuna tema debatido na Rádio Cidade está manhã,  no programa Rádio Revista Cidade.  Na ocasião,  ele foi questionado sobre se a Câmara não deveria atuar mais de perto em relação ao assunto.

A fala dele foi corroborada por Jean Pirola (Progressista). Que foi além e questionou a forma como os membros do órgão são alçados à função de conselheiro. 

"Temos que fazer algo e passar isso de deliberativo para consultivo", disse. 

Na semana passada, o Comusa adiou mais uma vez a análise da proposta que formaliza o repasse de valores da Prefeitura para o hospital. Nesse montante consta o para que a unidade atenda 24 horas por dia, sete dias por semana.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Projeto quer obrigar escolas de Brusque a prestar homenagem à Bandeira Nacional

As escolas de Brusque poderão ser obrigadas a prestar homenagem à Bandeira Nacional. É o que especifica um projeto de lei de autoria do vereador Rick Zanata (Patriota), apresentado na Câmara Municipal na última semana e foi tema de discurso dele nesta terça-feira (5). Conforme a proposta, a homenagem deverá ser realizada, pelo menos, uma vez na semana. Trata-se de uma forma de resgatar a importância do símbolo que,...
Continuar lendo...

Integrantes do PGC, acusados por assassinato na UPA de Brusque, irão a júri

O juiz Edemar Leopoldo Schlösser, da Vara Criminal da Comarca de Brusque, decidiu levar  cinco homens acusados por um assassinato ocorrido dentro da Unidade Prisional Avançada (UPA). Todos são indicados como integrantes do Primeiro Grupo Catarinense (PGC), vinculado à facção Comando Vermelho. O crime ocorreu em agosto de 2019, contra um dos internos, não integrante da facção, que tentou delatar uma fuga do grupo. Na época,...
Continuar lendo...

(Vídeo) Macrodrenagem das ruas João Bauer e Felipe Schmidt tem ordem de serviço assinada

A ordem de serviço para as obras de macrodrenagem na bacia das ruas João Bauer e Felipe Schmidt, ambas no Centro, foi assinada nesta quinta-feira (16), no gabinete do prefeito Ari Vequi. Os trabalhos devem começar no início de outubro e o investimento total é de mais de R$ 4 milhões. A expectativa é que as mudanças reduzam os alagamentos recorrentes na área central.  Na próxima segunda-feira, representantes da...
Continuar lendo...