Comitiva de políticos e representantes da Defesa Civil visita barragem de Botuverá

A barragem de Botuverá esteve no foco dos debates durante a visita do secretário de Estado da Defesa Civil de Santa Catarina, David Christian Busarello, nesta segunda-feira (23). A visita, serviu para análise da estrutura, que vai precisar passar por avaliação da Câmara dos Deputados. 

Por essa demanda, o deputado estadual Jerry Comper e o deputado federal pelo Rio Grande do Sul, Carlos Gomes da Silva também estiveram presentes.. O legislador gaúcho é relator da Comissão Permanente de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara Federal. 

Recebidos pela equipe da Defesa Civil local e pelos representantes da unidade brusquense, com o Diretor André Archer e o Chefe de Vistorias e Fiscalização, Edevilson Paulino Cugiki, eles se reuniram para falar a respeito do projeto de construção da Barragem de Botuverá.  

Em três pontos, a obra de construção da Barragem de Botuverá ocupa espaço pertencente ao Parque Nacional do Itajaí, que é uma área de preservação ambiental. Por isso, será preciso haver uma compensação, além de autorização da Câmara dos Deputados para a execução da obra. As tratativas para as compensações estão em andamento, junto a todos os órgãos envolvidos, onde se incluem o Governo Federal e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), que administra a unidade de conservação. 

A ideia, de acordo com o secretário de Estado da Defesa Civil de Santa Catarina, David Christian Busarello, é que estas três áreas a serem afetadas pela obra da barragem sejam transferidas da União para o Estado, que em contrapartida cederá outra área. “Assim, poderemos trazer toda a concepção da barragem para o Estado”, explica o secretário. 

Segundo ele, são aproximadamente dois hectares de terra a serem incorporados ao território de Santa Catarina. “Em troca, nós, Santa Catarina, estamos doando ao Parque Nacional uma área de 358 hectares”. A proposta, David Busarello, já foi aprovada pelo ICMBio e agora está em discussão na Comissão de Meio Ambiente da Câmara dos Deputados, cujo relator é o deputado Carlos Gomes. “Por isso é tão importante que ele tenha vindo conhecer a amplitude e importância dessa obra para Santa Catarina”, reforça o Secretário de Estado da Defesa Civil.

Para o deputado federal Carlos Gomes, é fundamental conhecer in loco os projetos mais importantes, como é o caso da proposta para a construção da barragem de Botuverá. “Vim conhecer o projeto e vou defender a aprovação dele, pelos impactos positivos que trará a vários municípios e várias pessoas, tanto em relação à contenção de cheias quanto também à segurança hídrica, além de movimentar o turismo”. 

Para o deputado estadual Jerry Comper, é inegável a importância da barragem não só para a cidade de Botuverá, mas para toda a região banhada pelo rio Itajaí-Mirim. “Ficamos felizes e agradecemos ao deputado federal Carlos Gomes por vir à região pessoalmente verificar a grandiosidade dessa obra e ao Governo do Estado por priorizar essa demanda”. 

 

O Projeto de Lei

O Projeto de Lei 292/20 altera os limites do Parque Nacional da Serra do Itajaí, em Santa Catarina, para permitir a construção de uma barragem de contenção de cheias no rio Itajaí-Mirim. O texto tramita na Câmara dos Deputados.

Pelo projeto, o Parque Nacional perderá 2,02 hectares para implantação da barragem. Para compensar o impacto ambiental da medida, serão incorporados outros 319,62 hectares, totalizando um ganho final de área de 317,6 hectares.

Criado por decreto federal em 2004, o Parque Nacional da Serra do Itajaí tem aproximadamente 57 mil hectares de florestas e abrange uma área de nove municípios, segundo o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), que administra a unidade de conservação. A fauna e a flora predominantes são da Mata Atlântica.

Fonte: Agência Câmara de Notícias

 

A Barragem

O local previsto para a Barragem de Botuverá no rio Itajaí Mirim se situa no município de Botuverá, a cerca de 18 km a leste da sede municipal. A barragem terá como objetivos principais:

Atenuar as ondas de cheia no vale do rio Itajaí Mirim, onde estão localizadas as cidades de Botuverá, Brusque e Itajaí;

Buscar garantir a segurança hídrica para abastecimento de água aos municípios de Botuverá, Brusque, Itajaí e Balneário Camboriú;

Manutenção da vazão ecológica do rio Itajaí Mirim; 

Promover o desenvolvimento socioeconômico regional.

 

A Barragem de Botuverá, além da garantia do abastecimento de água para vários municípios, vai assegurar o desenvolvimento regional e o incremento das atividades econômicas em áreas urbanas e rurais.

 

Como benefícios adicionais também se destacam:

 

Proteção das florestas localizadas nas escarpas no Parque Nacional do Itajaí, a montante, em função do impedimento de acesso; e

 

Criação de um lago artificial, com vantagens de ordem cênica, em relação à piscicultura, etc.;

 

A possibilidade de desenvolvimento futuro do potencial hidrelétrico do barramento, com capacidade para, sem nenhum prejuízo para os usos prioritários de controle de cheias e reserva de água para abastecimento, instalação de equipamentos de geração de até 1 MW em capacidade pico.

 
Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Piloto guabirubense de Velocross integra equipe oficial da Pro Tork

Para o ano de 2022, o atleta guabirubense Darlei Weiss fará parte da equipe oficial Pro Tork Racing Team SC, dirigida por Denilson Favero, com o patrocínio da Pro Tork, a maior fabricante de motopeças da América Latina. Darlei estreará nessa primeira temporada no Velocross com mais três atletas na sua equipe que correrão na categoria Nacional 250 Pró para disputar os campeonatos Catarinense e Brasileiro. “É com grande...
Continuar lendo...

De virada, o Sub-20 do Carlos Renaux vence o Nação Esportes

O Sub-20 do Carlos Renaux, foi até a Arena Joinville, onde pela quinta rodada do Catarinense Série B, enfrentou o Nação Esportes, em um jogo eletrizante o Renaux venceu de virada, pelo placar de 3 a 2, com três gols do centroavante Fabão.  Com um primeiro tempo morno, sem muita criatividade dos times e poucas finalizações. Somente aos 46, foi aberto o marcador, o lateral Pimbinha fez falta na grande área, pênalti para o...
Continuar lendo...

Homem coloca fogo em casa no bairro Limeira Baixa

Na madrugada desta segunda-feira  (7), por volta das 2h59, os bombeiros foram chamados para atender a um incêndio em uma casa na rua Frederico Francisco Hoefelmann, no bairro Limeira Baixa, em Brusque. De acordo com a equipe, um homem quebrou tudo dentro de casa e colocou fogo na residência. A fumaça se espalhou por todo imóvel e danificou os móveis do local. Segundo informações dos bombeiros, há...
Continuar lendo...