Súmula relata ameaça de morte a árbitros por dirigentes do Carlos Renaux

O jogo envolvendo o Carlos Renaux e Tubarão na quinta-feira (12), no estádio Augusto Bauer, terminou em confusão após o apito final. O vovô perdeu por 3 a 1, pelo Campeonato Catarinense da Série B.  A súmula divulgada pela Federação Catarinense e assinada pelo arbitro Willian Machado relata que houve ameaça de morte e invasão no vestiário da arbitragem por parte dos dirigentes do Clube Atlético Carlos Renaux.

O documento explica que durante o jogo foi solicitado que o presidente do Clube, Altair Heck, o Taico, deixasse a arquibancada após proferir palavras que ofenderam o arbitro. Após o jogo, os ânimos esquentaram ainda mais.

William relatou que quando os árbitros estavam no vestiário, a porta foi arrombada a chutes. Várias pessoas entraram no local ameaçado os profissionais. Uma das frases escrita na sumula: “Ladrões, vocês vão morrer, bando de filho da puta, isso já veio tudo armado”, descreveu o árbitro.

O documento aponta também que um dos assistentes foi agredido com um chute na perna. A Polícia Militar esteve no local e boletins de ocorrência foram feitos.

Em publicação nas redes sociais, o Clube Atlético Carlos Renaux disse repudiar a violência e se coloca à disposição das autoridades de segurança para apurar e punir as condutas.

Confira o relato da súmula http://egol.fcf.com.br/sesp/37749/relato.pdf

 

Confira o comunicado na integra:

O Clube Atlético Carlos Renaux, reitera a toda sociedade catarinense, que repudia e não compactua com qualquer ato de violência. O primeiro clube de futebol de Santa Catarina, orgulha-se da sua história, que sempre foi pautada no respeito e no bom senso. O CARRENAUX se coloca a disposição das autoridades, no sentido de apurar e punir ações que não condizem com o decoro esperado que ocorreram ontem (13) após o término da partida frente o Tubarão. futebol de Santa Catarina, orgulha-se da sua história, que sempre foi pautada no respeito e no bom senso. O CARRENAUX se coloca a disposição das autoridades, no sentido de apurar e punir ações que não condizem com o decoro esperado que ocorreram ontem (13) após o término da partida frente o Tubarão.

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões