Súmula relata ameaça de morte a árbitros por dirigentes do Carlos Renaux

O jogo envolvendo o Carlos Renaux e Tubarão na quinta-feira (12), no estádio Augusto Bauer, terminou em confusão após o apito final. O vovô perdeu por 3 a 1, pelo Campeonato Catarinense da Série B.  A súmula divulgada pela Federação Catarinense e assinada pelo arbitro Willian Machado relata que houve ameaça de morte e invasão no vestiário da arbitragem por parte dos dirigentes do Clube Atlético Carlos Renaux.

O documento explica que durante o jogo foi solicitado que o presidente do Clube, Altair Heck, o Taico, deixasse a arquibancada após proferir palavras que ofenderam o arbitro. Após o jogo, os ânimos esquentaram ainda mais.

William relatou que quando os árbitros estavam no vestiário, a porta foi arrombada a chutes. Várias pessoas entraram no local ameaçado os profissionais. Uma das frases escrita na sumula: “Ladrões, vocês vão morrer, bando de filho da puta, isso já veio tudo armado”, descreveu o árbitro.

O documento aponta também que um dos assistentes foi agredido com um chute na perna. A Polícia Militar esteve no local e boletins de ocorrência foram feitos.

Em publicação nas redes sociais, o Clube Atlético Carlos Renaux disse repudiar a violência e se coloca à disposição das autoridades de segurança para apurar e punir as condutas.

Confira o relato da súmula http://egol.fcf.com.br/sesp/37749/relato.pdf

 

Confira o comunicado na integra:

O Clube Atlético Carlos Renaux, reitera a toda sociedade catarinense, que repudia e não compactua com qualquer ato de violência. O primeiro clube de futebol de Santa Catarina, orgulha-se da sua história, que sempre foi pautada no respeito e no bom senso. O CARRENAUX se coloca a disposição das autoridades, no sentido de apurar e punir ações que não condizem com o decoro esperado que ocorreram ontem (13) após o término da partida frente o Tubarão. futebol de Santa Catarina, orgulha-se da sua história, que sempre foi pautada no respeito e no bom senso. O CARRENAUX se coloca a disposição das autoridades, no sentido de apurar e punir ações que não condizem com o decoro esperado que ocorreram ontem (13) após o término da partida frente o Tubarão.

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Governo estadual deve fazer mutirão para cirurgias eletivas

Em uma publicação nas redes sociais, o governador Carlos Moisés da Silva afirmou que o estado deve fazer um mutirão focado nas cirurgias eletivas. O trabalho deve começar em novembro e durar seis meses. A previsão, segundo o governador é que a ação resulte na realização de 40 mil cirurgias. “Esse trabalho vai reduzir o impacto das filas de espera e nos agendamentos seguintes dos procedimentos”,...
Continuar lendo...

Mulher fica ferida em acidente de moto, em Guabiruba

Um acidente entre um carro e uma moto, na rua Alois Erthal, no Centro, de Guabiruba, deixou uma mulher ferida na manhã deste sábado (6). A ocorrência foi atendida pelo Corpo de Bombeiros pouco antes das 10h. Ela era condutora da moto e tinha 46 anos.  Segundo análise preliminar, a vítima, encaminhada para o Hospital Azambuja após os primeiros atendimentos, teve um corte na face e apresentava suspeita de fratura na clavícula esquerda.
Continuar lendo...

Grupo de golpistas que movimentou mais de R$ 2 Milhões é detido na capital

A Polícia Civil de Santa Catarina identificou membros de organização criminosa especializada em aplicar o chamado golpe do “motoboy” ou o golpe do cartão, em diferentes estados brasileiros. O grupo agia, sobretudo em Florianópolis, onde um dos membros foi preso nesta quinta (11) e Balneário Camboriú. Uma das integrantes do grupo se passa por telefonista de uma instituição financeira e contatava com as vítimas....
Continuar lendo...