Vereador propõe novo modelo de formação de atletas

Durante a sessão ordinária de terça-feira (10), o vereador André Batisti, o Déco (PL), relatou ao plenário uma visita que ele fez ao Avaí/Nacional Handebol, em São José, clube profissional que disputa a liga nacional do esporte e cuja formação de atletas abrange desde categorias de base até times adultos masculino e feminino, de alto rendimento. Déco destacou que participantes da iniciativa são contemplados por programas como o Bolsa Atleta e o Bolsa Técnico.

“Além da bolsa, os meninos têm que frequentar o colégio, tirar boas notas e ganham moradia. Muitas crianças vêm de outras cidades [para São José] para participar desse projeto, que é muito bom, começa desde o infantil e, às vezes, tira essa criança da rua, das drogas ou de outra coisa ruim, e lá, ela está se dedicando ao esporte, isso é cobrado dela e a leva até o esporte profissional”, disse o vereador. “É um projeto que poderíamos trazer não só para o handebol, mas também para o futebol, o vôlei e tantos outros esportes”, sugeriu.

Através de uma parceria, acrescentou o parlamentar, o Avaí/Nacional Handebol deverá emprestar alguns de seus jogadores para competirem por Brusque em jogos promovidos pela Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte).

Em apartes, Jean Carlo Dalmolin (Republicanos) e Marlina Oliveira Schiessl (PT) parabenizaram Déco pelo pronunciamento e comentaram a proposta do colega. “A gente sabe das dificuldades e da importância de se investir no esporte, principalmente para as crianças”, observou o republicano. Marlina, por sua vez, salientou a relevância do estímulo e do incentivo ao acesso de crianças às práticas esportivas. “Esporte com qualidade, diversidade, abrangendo um maior número de categorias”, defendeu.

Semana da Família

Num segundo momento, Déco se referiu à Semana da Família realizada pela Paróquia São Luís Gonzaga. “É por meio da família que a gente aprende os primeiros valores, o respeito e o amor pelo próximo, e com certeza temos que dar ênfase a isso”, afirmou.

Respeito

Ele também saudou os membros da comunidade LGBTQIA+ que acompanhavam a reunião na galeria do plenário: “Vocês são sempre bem-vindos, vão ter sempre o nosso respeito. [Mesmo com] a diferença de opiniões, não se pode perder o respeito de um para com o outro”.

Arte

Por fim, ele solicitou apoio à Fundação Cultural de Brusque para a conservação dos trabalhos que resultaram do “Concurso Escolar de Maquetes – História de Brusque - Arquitetura Colonial”, realizado pela Escola de Ensino Fundamental Paquetá. 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões