Desfalcado, Brusque sofre derrota em Alagoas

Em Maceió, Alagoas, o Brusque buscava quebrar a sequência de cinco vitórias do CRB, pela série B do Campeonato Brasileiro. Para a partida da noite desta quinta-feira (12), o Quadricolor precisou improvisar na formação com três zagueiros, já que não havia laterais disponíveis para manter o esquema das partidas anteriores.

Se a missão já não era fácil, ficou mais difícil logo no início da partida. Na pressão do CRB, as cobranças de bola parada colocaram o Bruscão em prejuízo no placar. A primeira foi uma cobrança de falta, aos 3 minutos. 

A cobrança foi na primeira trave e o CRB conseguiu um escanteio. A cobrança veio no segundo pau e Zé Carlos espalmou para nova tentativa. Aos 7, Diego Torres colocou ela na área com efeito e encobriu o goleiro Quadricolor. Gol olímpico para colocar os donos da casa na vantagem do placar.

O time catarinense sentiu o gol e passou a apresentar dificuldades para reagir ao golpe. A defesa também continuava sendo bastante exigida. Em uma cobrança de falta, Diego Torres colocou a bola na cabeça do volante Marthã. A bola ainda desviou em Claudinho para o  CRB ampliou.

Com 19, após uma escapada, o Brusque tentou levar perigo ao gol de Diogo Silva, em cobrança de falta de Thiago Alagoano. A defesa afastou a bola. Em uma das melhores chances do Quadricolor, aos 22, Garcez bateu forte, mas o goleiro colocou para escanteio. Ele novamente, aos 27, teve uma chance de cabeça, mas errou o alvo.

Quando o Brusque tentava se recolocar no jogo e mantinha maior posse de bola ao longo da partida. A possibilidade de reação ficou ainda mais difícil aos 39 minutos, nova bola aérea. Um cruzamento da direita do ataque encontrou Gum, que cabeceou para a defesa de Zé Carlos. No rebote, Pablo Dyego define o placar.

O Brusque tentaria reduzir a desvantagem com Edu, aos 42, mas a bola acabou passando pelo artilheiro. 

 

Administrado

A segunda etapa foi de tentativa de propor o jogo,pelo lado do Brusque e de administrar o placar, pelo do CRB. Com 2 minutos mais uma chance de reduzir o prejuízo por parte do Quadricolor. Garcez passou por Reinaldo e chutou rasteiro. A bola foi para fora. 

O Bruscão na tentava criar oportunidades, com 13, Notato arriscou, mas acabou errando o alvo. Outro que isolou o chute foi Bruno Alves, aos 15. O atacante também teria oportunidade de marcar aos 20.

Mesmo administrando o placar, o CRB levaria perigo ao gol do Brusque em, pelo menos duas oportunidades, ambas pararam na trave. Depois de Erik, com 18, foi a vez de Marthâ, que já havia balançado as redes no primeiro tempo. Com 37, Zé Carlos salvou. Desta vez no chute de Júnior Brandão. No fim, ficou nisso, CRB 3 X 0 Brusque. Como resultado, o Quadricolor é o 10º, com 24 pontos.

 

CRB: Diogo Silva, Reginaldo, Gum (Ewerton Páscoa), Caetano, Guilherme Romão, Marthã, Pablo Dyego (Emerson Negueba), Jajá (Erik) , Diego Torres (Renan Bressan), Jean Patrick (Wesley) , Júnior Brandão.

 

Brusque: Zé Carlos, Ianson (Sandro), Claudinho, Everton Alemão, Alex Ruan, Nonato (Fio), Rodolfo Potiguar (Pepê), Bruno Alves (Diogo Mathias), Thiago Alagoano, Maurício Garcez, Edu (Jonatha Alagoano).

 

Arbitragem

Lucas Paulo Torezin, Ivan Carlos Bohn, Jefferson Cleiton Piva

 
Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões