“Novamente a interferência da arbitragem, isso nos deixa triste”

O Brusque FC entrou em campo na terça-feira (03), para realização de um jogo atrasado do Campeonato Brasileiro da Série B. No Augusto Bauer o quadricolor empatou sem gols com o Coritiba. O técnico, Jerson Testoni, ao final da partida mostrou a sua indignação com a arbitragem, que anulou um gol, do Alex Ruan, no final da etapa complementar.

“Novamente a interferência da arbitragem. A gente trabalha em um sacrifício danado, nosso grupo batalhando muito, contra o Náutico, dois impedimentos, um gol, contra o Coritiba novamente, aos 44 minutos do segundo tempo, depois de um jogo competitivo que nós fizemos, e isso nos deixa muito chateado, muito triste”

Conforme ele, a equipe foi consistente. Testoni avalia que a vitória, pelo gol anulado, seria justa. “Fizemos um primeiro tempo muito equilibrado, tivemos uma oportunidade muito clara com o Garcez. No segundo tempo criamos muitas oportunidades, conseguimos iniciar bem, mudança de corredor, chegamos no último setor do campo com qualidade, as trocas que fizemos foram positivas. Fizemos um jogo muito solido, muito consistente”

O próximo adversário do Brusque é o Cruzeiro, no sábado (07), às 11 horas, com transmissão da Rádio Cidade.  

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões