Operação Gallardo busca veículo adquirido de forma fraudulenta

Nesta terça-feira (27) foi deflagrada a denominada Operação Gallardo pela Procuradoria da República no Município de Itajaí, em conjunto com a Polícia Federal em Itajaí.

As investigações iniciaram a partir de inconsistências identificadas na aquisição direta do veículo de luxo Lamborghini Gallardo perante a 1ª Vara Federal de Itajaí, anteriormente apreendido e alienado no âmbito da operação Oceano Branco, quando constatada injustificável divergência patrimonial entre o pagamento à vista do veículo de luxo e a renda da adquirente.

Foram cumpridos mandados de busca e apreensão em endereços dos investigados nas cidades de Joinville e Balneário Camboriú, para apuração de crimes de sonegação fiscal e lavagem de dinheiro.

A operação conta com o suporte do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e com o apoio operacional e técnico da Assessoria de Pesquisa e Análise Descentralizada (Asspad) e também da Divisão de Segurança Orgânica e Transporte (Disot), todos do Ministério Público Federal em Santa Catarina.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões