Homem é absolvido de homicídio triplamente qualificado

César Diego Santos Camargo foi a júri popular nesta sexta-feira (23). Ele era acusado de crime de tentativa de homicídio triplamente qualificado contra Michele Cristian Schirmer, esposa dele, na época do crime, registrado em 28 de abril de 2020.

O caso ocorreu após o casal iniciar uma discussão, no Centro de Brusque. César teria usado uma faca para golpear a vítima. A sentença indica que os golpes foram motivados por  ciúme e a vítima estava totalmente desprevenida no momento do ataque. Os golpes acertaram Michele na região dos braços, na tentativa de defesa. Na época, ele chegou a fugir do local e a vítima conseguiu sobreviver.

Após ser condenado por ​tentativa de feminicídio triplamente qualificado ele teve a pena revista para lesão corporal. A pena  será de três meses de detenção, em regime inicial aberto. Ele poderá recorrer em liberdade e recebeu expedido o alvará de soltura.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões