Pela segunda vez Darlin Maik Carbonera é campeão do concurso Cuca nota 10

Chegou ao fim neste domingo (18), o 8º Festival Nacional da Cuca, realizado pelo Núcleo de Panificadoras e Confeitarias da Associação Empresarial de Brusque (ACIBr). Na  tarde de sábado (17), foi marcada por uma live, transmitida pelas redes sociais, que divulgou os vencedores do concurso “A Cuca Nota 10 do Brasil”. Foram premiados participantes de Joinville, Indaial e Brusque.

“O festival mais uma vez foi um sucesso. Mesmo diante de tantas adversidades, ele aconteceu de forma híbrida e reuniu oito panificadoras nucleadas. É, sem dúvida nenhuma, um exemplo de inovação que, em 2020 foi, inclusive, premiado. Antes da pandemia, mais de 15 mil pessoas passavam pelo Pavilhão da Fenarreco nos dias de evento e tudo isso precisou ser transformado. Nossos panificadores não desistiram. Ao contrário, com inovação e algumas mudanças, o festival chega ao seu segundo ano consecutivo de forma híbrida e digital”, comemora a presidente da ACIBr, Rita Cassia Conti.

A coordenadora do Núcleo de Panificadoras e Confeitarias, Patrícia Panissa, descreve o sentimento de gratidão e de missão cumprida, diante de um projeto que superou as expectativas. “Nos últimos dias registramos um movimento fantástico, clientes vindos de Florianópolis, Balneário Camboriú, Blumenau, entre outras cidades, para nos prestigiar e comprar a cuca, porque reconhecem que ela representa a tradição alemã e as receitas passadas de pais para filhos”, conta a empresária.

Para Patrícia, o sucesso se deve também ao processo de criação mantido nas panificadoras, que sempre lançam novos sabores para o Festival. Alguns, inclusive, fazem tanto sucesso que permanecem no cardápio. “Somos gratos pela Associação Empresarial de Brusque, que nos incentivou a manter o Festival em 2020, mesmo diante da pandemia da Covid-19. Foi um sucesso e, este ano, ficou melhor ainda”, ressalta Patrícia.

A Prefeitura Municipal de Brusque é parceira do Festival Nacional da Cuca e o turismólogo da secretaria de Turismo, Ademir Moraes, destaca que o evento foi altamente positivo. “Houve um movimento turístico na cidade em razão do festival e as oito panificadoras participantes venderam muitas cucas. Outro fator que chama a atenção é o concurso “A Cuca Nota 10 do Brasil”, que sempre atrai interessados. Independente do ganhador, enfatizo a alegria de cada um em ter participado da apresentação. Criamos uma grande família e o evento está consolidado”, afirma Moraes.

Vencedores

Inscrito pela quinta vez no concurso “A Cuca Nota 10 do Brasil”, Darlin Maik Carbonera, de Joinville, ficou em primeiro lugar, com sua cuca de pera com espumante e amêndoas laminadas. Veterano na prova, ele já tem dois troféus de 2º lugar e um troféu de 1º lugar. “Gosto muito de participar, principalmente quando era ao vivo e a gente fazia a cuca na frente dos jurados. Me sentia à vontade para mostrar o meu trabalho. Por causa da pandemia foi preciso se adaptar, mas fiz questão de estar presente e fiquei feliz com o resultado. Quero participar novamente porque gosto muito daqui”, diz o campeão.

Luciana Cristina Custódio também é participante conhecida no concurso. Moradora de Indaial, esta é a sua terceira inscrição e a primeira na qual se classifica com a receita da cuca de limonada com chocolate branco. Em 2021, ela leva para casa o troféu de 2º lugar. “Curto cada momento do concurso e sei que todos os participantes partilham da mesma paixão pela confeitaria e, principalmente, pela cuca”, observa.

Única representante de Brusque nesse pódio, Juliana da Silva ficou com a terceira colocação, através da sua cuca de creme com frutas vermelhas. “Há seis anos participo do concurso e já fiquei uma vez em terceiro lugar e três vezes em quarto lugar. É maravilhoso esse evento. Como brusquense, tenho essa felicidade de participar porque é uma tradição”, releva.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Jogamos bem no primeiro tempo, mas o Botafogo foi superior, diz Waguinho

O Brusque perdeu por 3 a 0 para o Botafogo, na noite desta quarta-feira (20), e durante a coletiva de imprensa, o técnico Waguinho Dias justificou a derrota. “Se nós analisarmos a primeira etapa, nós tomamos gol aos 43, então acho que no primeiro tempo jogamos uma partida até boa, mas o time do Botafogo foi superior, o time hoje é uma equipe muito forte”. Waguinho disse que estava preparando as substituições quando o Brusque...
Continuar lendo...

Caso da variante Delta é confirmado em Balneário Camboriú

O primeiro caso de Covid-19 da variante Delta foi confirmado ontem, terça-feira (10) em Balneário Camboriú, município a 43km de Brusque. A confirmação veio da Secretaria de Saúde, e o caso diagnosticado é de uma mulher de 22 anos. O Laboratório Central de Saúde Pública em Florianópolis, Lacen, no final do mês de julho fez o recolhimento de coleta em cerca de 90 pessoas na região, sendo que...
Continuar lendo...

Mãe tortura, queima e amarra filho de 6 anos

Fato registrado no Rio Grande do Sul, em Canoas, onde na manhã desta quarta-feira (18) uma mulher foi presa por policiais por torturar o próprio filho de 6 anos. A denúncia chegou aos agentes através de denúncia, e ao chegarem no local os agentes confirmaram os fatos. A mulher, torturava, e ainda queimava a criança, e a deixava amarada sem poder ir ao banheiro, fazendo suas necessidades naquele espaço onde ficava amarrada. Os policiais...
Continuar lendo...