Condenado homem que tentou matar esposa e esfaqueou vizinho

A justiça de Brusque condenou um homem que tentou matar a companheira e ainda esfaqueou outra pessoa em Brusque ano passado, 2020. Os crimes aconteceram no bairro Limoeiro, no dia 21 de março. A pena é de nove anos e quatro meses de reclusão, em regime inicial fechado, mais quatro meses e cinco dias de detenção, em regime inicial aberto.

Naquela data, por volta de 15h50, na residência do casal, o acusado teve uma discussão com a vítima, sua então esposa. Ele a agrediu fisicamente com um "mata-leão" e sufocamento. Além disso, teria feito ameaças de morte.

As agressões e ameaças teriam ocorrido na presença do filho do casal, que começou a gritar por socorro, assim como a mulher. Os gritos da criança e da vítima foram ouvidos pelo vizinho, que foi até a residência e conseguiu imobilizar o agressor. A Polícia Militar foi acionada, sendo todos conduzidos à Delegacia de Polícia Civil.

No entanto, ao ser colcoadona sala de espera, o acusado conseguiu abrir a algema e fugiu do local, retornando ao condomínio em que residia com a vítima. Ao chegar lá, foi em direção ao vizinho que o impediu do crime, armado com um faca que pegou no caminho para casa. Foi quando desferiu duas facadas contra este, acertando-o no abdômen e nas costas.

O homem só não morreu porque o agressor foi impedido de continuar pelos gritos dos vizinhos. O Corpo de Bombeiros conduziu a vítima ao hospital de Azambuja para atendimento que evitou sua morte.

Em sessão realizada nesta sexta-feira (16) no Judiciário de Brusque, ele foi condenado pelos crimes de tentativa de homicídio contra as duas pessoas, mas inocentado de constranger o filho à época com as agressões à mãe da criança.

Não foi concedido o direito de recorrer da sentença em liberdade.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões