Homens são presos por associação criminosa, posse ilegal de arma e tortura, em Brusque

Na quinta-feira (08), por volta das 15h35min, a Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, associação criminosa e tortura. As prisões foram no bairro Limeira Baixa.

Conforma a polícia o primeiro chamado foi para averiguar uma ocorrência de cárcere privado, onde uma mulher poderia estar sendo mantida presa e ameaçada por dois homens com uma arma.

As guarnições se deslocaram até o endereço, lá abordaram um indivíduo, o qual relatou que estaria sozinho na casa, mas em determinado momento apareceu na janela outro homem, diante disso, foram abordados, revistados, e inicialmente nada de ilícito foi encontrado, e diante da informação de cárcere privado, foi realizada a revista na casa, sendo que logo na sequência, um dos agentes, começou a falar tudo acerca do roubo de um veículo, que aconteceu no dia 22 de junho, também falou sobre uma facção criminosa, e que possivelmente teria droga na residência.

Em revista na residência foi localizado um caderno que haviam informações de "dízimos" da facção criminosa.

Quando a guarnição encerrava no local, em uma última revista pelo terreno foi localizado escondido um revólver calibre .38, sem numeração, com seis munições intactas e um celular.

Os homens também informaram a polícia que foram incumbidos pela facção para eliminar um terceiro indivíduo que se encontrava na casa dos mesmos, porém esse havia fugido em outro veículo, mas antes, ele havia sido torturado pelos dois homens. A esposa dele também estaria sendo mantida em cárcere privado. Diante dos fatos todos foram conduzidos a delegacia.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões