Ex-diretor do Ministério da Saúde é preso na CPI da Covid

O ex-diretor do Ministério da Saúde, Roberto Dias recebeu voz de prisão durante seu depoimento na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, nesta quarta-feira (7). Dias era responsável pela logística e, no entendimento do presidente da CPI, senador Omar Aziz, violou o juramento de dizer a verdade feito à comissão por mentir e omitir informações.

A prisão foi a primeira da CPI e ocorreu no fim da tarde desta quarta-feira. Entre as apurações da comissão sobre Dias estavam um possível pedido de propina de US$ 1 por dose de vacina e o lobby pela compra da vacina Covaxin.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões