Com mais posse de bola, Brusque é derrotado pelo Vasco, em São Januário

Em jogo inédito, o Brusque viajou até o Rio de Janeiro para enfrentar o Vasco da Gama, pela Série B do Campeonato Brasileiro. Mesmo com maior posse de bola durante a partida, os erros defensivos prejudicaram a equipe catarinense.

Os mandantes da partida começaram a partida pressionando o Quadricolor.  O Bruscão tentava responder com algumas escapadas. Em uma delas, aos quatro, Airton, pela esquerda cruzou, mas a bola foi cortada por Leandro Castan.

Buscando o gol, a primeira chance do Vasco veio com finalização do volante Galarza. Ele recebeu a bola de Morato, mas bateu mal e a bola ficou com o goleiro Jefferson Paulino.

O Vasco criou mais uma chance com Galarza, aos 12 minutos da primeira etapa. Depois de receber sozinho, pelo meio, ele tentou o chute. A bola desviou e saiu para escanteio.

Com o avanço do jogo, o Brusque começou a reter mais a bola. Mesmo com a maior posse de bola, a equipe visitante demonstrava dificuldade para superar a defesa vascaína. Em alguns momentos da partida, o Brusque chegou a ter mais de 60% de posse, mesmo que a maior parte das finalizações tenham sido do Vasco na maior parte da primeira etapa.

Em uma dessas chances, Morato, aos 26, recebeu passe de Cano, mas bate sem direção. A partir dos 30 minutos a pressão passaria para o lado visitante.

A primeira dela foi com Tiago Alagoano, aos 32, que arriscou da entrada da área, mas ela fica com o goleiro Lucão, em problemas. O Vasco testaria o goleiro Jefferson Paulino com 43 minutos. O lateral Léo Matos aproveitou a cobrança de escanteio e cabeceou, mas o goleirão do Quadricolor pegou.

No finzinho da primeira etapa, o Brusque chegou com perigo com Edu. Aos 44, ele aproveitou cruzamento de Airton e, de peixinho, testou forte. Lucão espalmou.  Última chance de do Bruscão na primeira etapa veio com Alex Ruan. O atacante aproveitou o erro de Galarza e bateu forte.

 

Segunda etapa

O segundo tempo começou com uma queda de produção do Brusque. Apesar do time tentar avançar a marcação, o Vasco aproveitou bem os espaços e erros do Quadricolor.

Primeiro a zaga brusquense teve que interferir na tentativa de drible de Cano, aos 3. Depois foi necessária uma interceptação do passe de Galarza, que buscava Sarrafiore.

Com 13 mais uma jogada de perigo do Vasco. O lateral Léo Matos recebeu cruzamento de Marquinhos Gabriel, pela esquerda. Ele deu um toque nela, mas não acertou o alvo.

Foi em um dos erros da equipe brusquense que o Vasco abriu o placar, com Cano, aos 17 minutos. O argentino aproveitou a falha da defesa e, com um toque, abre o placar.

 Após o gol da equipe cruzmaltina recuou e o Brusque passou a pressionar. Com 31, Gabriel Taliari recebeu de Tiago Alagoano e tentou o chute. A bola passou por cima do gol de Lucão.

A pressão do Brusque rendeu o empate, aos 34 minutos. Cria das bases do Vasco, Edu marcou mais uma vez, aproveitando cruzamento da direita, dos pés de Toty. De coxa, o artilheiro empurrou para as redes.

Com 43 do segundo tempo, outro apagão da defesa do Brusque. A bola foi alçada da área do meio de campo, Leandro Castan desviou para Léo Matos que, de frente para o goleiro, não perdoou. Vasco 2, Brusque 1.

 

 

Vasco: Lucão; Léo Matos, Ernando, Leandro Castan, Riquelme (Sarrafiore); Andrey, Galarza (Gabriel Pec) ; MT (João Pedro), Marquinhos Gabriel (Daniel Amorim), Morato (Léo Jabá); Cano

Brusque: Jefferson Paulino; Toty, Ianson, Claudinho, Airton; Zé Mateus, Fillipe Soutto (Jhon Cley); Diego Mathias (Gabriel Taliari), Thiago Alagoano, Alex Ruan (Bruno Lopes); Edu (Juliano).

Arbitragem: Salim Fende Chavez; Marcelo Carvalho Van Gasse e Daniel Paulo Ziolli.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Mulher não tem contato com o pai há mais de 20 anos

A pessoa de Erondina dos Santos, idade de 39 anos, residente na cidade de Presidente Getúlio, em contato com a Rádio Cidade, solicitou uma prestação de serviço como apoio na tentativa de encontrar seu pai. Este homem estaria residindo no município de Brusque ou em outra cidade da nossa região. Conforme ela já fazem mais de 20 anos que ambos, não tem contato. O nome do homem que ela procura em Brusque e região é,...
Continuar lendo...

Izaías Otaviano é empossado como diretor estadual de federação

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Brusque e região (Sintricomb), Izaías Otaviano, tomou posse como diretor financeiro da Federação dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário do Estado de Santa Catarina (FeticomSC). A solenidade aconteceu na noite de ontem, segunda-feira (23) na cidade de Rio Negrinho, no norte do estado. Otaviano...
Continuar lendo...

Ser gestor de grupo é o diferencial neste momento para conduzir o Brusque, diz Waguinho

Vindo de duas vitórias, com o Brusque,  o treinador Waguinho Dias diz que ser gestor de grupo é o diferencial para conduzir o quadricolor, neste momento. “Primeiro você tem que saber trabalhar com o ser humano, então estamos resgatando todos que aqui estão, se foi contratado é porque tem condição de jogar no Brusque, e nós estamos potencializando individualmente, todos vão crescer”. E responsável...
Continuar lendo...